Com mudança do nome da Curuzu, Paysandu confirma parceria com o governo

Valor extraoficial gira em torno de R$700 mil

Redação Integrada

Sem poder contar com a presença dos torcedores na arquibancada em dias de jogos, o Paysandu confirmou mais uma receita nesse momento de pandemia. O Papão receberá um valor do governo do Estado nos próximos dias.

A quantia não foi revelada, porém cogita-se R$700 mil. O presidente do Papão, Ricardo Gluck Paul, confirmou que o estádio da Curuzu “mudará” de nome por conta da parceria. “Procede sim, vai virar Curuzu Banpará”, comentou, sem entrar em detalhes.

O Remo também seria contemplado com o valor e terá que fazer a mudança. A equipe de OLiberal entrou em contato com o presidente do leão, Fábio Bentes, mas até o momento não obteve respostas.

A parceria deve ocorrer em formato “naming rights”, quando o nome do patrocinador substitui ou é acoplado ao nome do estádio. Exemplos no Brasil de estádios que utilizam o naming rights não faltam, como a Itaipava Arena Fonte Nova, o Allianz Parque, do Palmeiras. Por último a Neo Química Arena, do Corinthians.

Paysandu
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM ESPORTES