Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Campeão com o Paysandu, passagem pelo Remo e Neymar; conheça o novo técnico do Papão

Márcio Fernandes foi anunciado ontem pela diretoria bicolor para comandar o Papão em 2022

O Liberal

O comandante do Paysandu na temporada 2022 já foi escolhido e contratado. O técnico Márcio Fernandes, de 59 anos, foi a pessoa designada pela diretoria do Papão a buscar o tão sonhado acesso à Série B. A tarefa não será das mais fáceis, porém, Márcio Fernandes é acostumado com o ambiente da Curuzu e sabe do clima que irá ter pela frente na busca do principal objetivo alviceleste.

Ex-jogador, técnico, bicampeão da Série C, experiente e o primeiro comandante do astro Neymar. Rodado no futebol nacional, Márcio Fernandes iniciou a carreira como técnico no ano de 1998, no Marcílio Dias-SC, ganhou experiência no Santos-SP, comandando as categorias de base do Peixe, clube da cidade onde nasceu. E foi lá, no alvinegro praiano, em que foi o primeiro técnico do então menino Neymar e de toda aquela garotada que encantou o país. Atualmente o atacante ciado nas categorias de base do Peixe é destaque na Seleção Brasileira e também no PSG.

Além do Santos, Márcio Fernandes treinou o Bragantino-SP, Comercial-SP, Brasiliense-DF, Guarani-SP, Botafogo-SP, ABC-RN, Joinville-SC, Aparecidense-GO, Treze-PB, Santo André-SP e Londrina-PR. Seu último trabalho foi no LEC, onde pegou a equipe afundada na zona de rebaixamento na Série B e conseguiu livrar o Tubarão na última rodada da queda, que “empurrou” o Leão para a Série C.

Márcio Fernandes possui um envolvimento com o Paysandu muito antes do que se imagina. Fernandes foi ex-jogador do Papão e foi campeão paraense defendendo as cores do Bicola na temporada de 1981 e já possui seu nome marcado na história alviceleste.

“Atravessou”

Na temporada 2019, após saída do técnico João Neto, a diretoria do Remo anunciou a chegada de Márcio Fernandes ao Remo. O técnico conquistou o estadual pelo Leão e comandou a equipe que permaneceu dentro do G4 por inúmeras rodadas, mas, na última, acabou sendo desclassificado pelo Paysandu, em um empate no Mangueirão. O clássico colocou um ponto final na passagem do técnico pelo Baenão. Neste período foram dois clássicos disputados contra o Paysandu, com uma derrota e um empate.

A volta a Belém

Após a saída do Remo, Márcio voltou a reencontrar o Remo pela Série C, contra o Treze-PB, mas a sua volta a Belém foi em grande estilo. Após deixar o clube paraibano, Márcio Fernandes acertou com Vila Nova-GO, para o quadrangular final da Terceirona e quis o destino recolocar o técnico diante do Remo, seu ex-clube, na grande decisão da competição nacional. O treinador venceu as duas partidas contra o Remo, uma delas por goleada, em Goiânia (GO), por 5 a 1 e sacramentou o título em Belém com mais um triunfo, dessa vez por 3 a 2, de virada e o bicampeonato da Série C no currículo.

Recentemente voltou a Belém para comandar o Londrina, contra o Remo. Ele estava suspenso, ficou do lado de fora dando instruções ao seu filho, Márcio Fernandes Júnior. Dentro de campo o LEC venceu o Remo por 1 a 0.

Paysandu
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM PAYSANDU

MAIS LIDAS EM ESPORTES