Paysandu venceu concorrência contra clubes de Série B, revela Hélio dos Anjos

Redação Integrada

Apesar da dificuldade financeira que o Paysandu vivencia, o clube conseguiu renovar contratos com atletas que se destacaram em 2019, cujas negociações eram consideradas difíceis. São os casos dos atacantes Nicolas e Vinícius Leite, além do zagueiro Perema. O último, entretanto, aguardava propostas concretas de outros clubes, o que não se consumou, restringindo-se a sondagens. 

Os jogadores de ataque, todavia, receberam propostas de clubes da Série B e outro que disputa o Campeonato Paulista, tido como o mais atraente do país, dada as questões financeiras e de visibilidade. A revelação foi feita pelo treinador do Papão, Hélio dos Anjos.

Para ele, embora esteja na Série C do Campeonato Brasileiro, o Paysandu é um clube que gera repercussão no cenário nacional. "Jogar no Paysandu é um ascensão. O Nicolas não saiu do Paysandu porque não quis, o Náutico e o Novo Horizontino-SP fizeram proposta, e ele preferiu ficar", disse. "Vinícius Leite... O Juventude queria, aumentou (a proposta) e ele continuou aceitando aqui, porque se dá bem com Felipe, comigo porque joga. Eles apostam o que os outros times não têm", explicou, referindo-se ao apelo da torcida bicolor. "A Curuzu estava lotado em um amistoso no meio de semana", argumentou Hélio dos Anjos. 

Esportes
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM ESPORTES