Paysandu goleia o São Francisco e segue na liderança do grupo A2 no Parazão

Gols de Micael, Victor Oliveira e Vinícius Leite fizeram o Papão sair vitorioso do Colosso do Tapajós e se manter no topo do grupo

Caio Oliveira

 

Em seu quinto jogo sem tomar gol, o Paysandu voou no Colosso do Tapajós, atropelando o dono da casa e voltando a capital com mais uma vitória. A partida contra o São Francisco foi válida pela sétima rodada o Campeonato Paraense, terminando com o placar de 3 a 0 para o Papão, que saiu com 17 pontos na tabela, líder isolado. O jogo começou com o Leão Santareno atacando bastante, mas a técnica do Paysandu foi o que prevaleceu, com gols de Micael, Victor Oliveira e Vinícius Leite.

A partida teve destaque para as jogadas áreas, onde o Paysandu soube aproveitar as bolas que vinham de cima: dos três gols marcados, dois foram de cabeça, com todos surgindo de bolas altas.
 

São Francisco começou atacando, mas foi se desorganizando

O jogo começou com destaque para o dono da casa, com o São Francisco atacando bastante e trabalhando bem a bola, sobretudo pelas laterais. No primeiro tempo, o nome do meia Alexandre teve destaque, já que o jogador do Leão Santareno ameaçou bastante a zaga do Paysandu, mas falhando nas finalizações. Aos sete minutos, ele mandou um chutão de fora da área, que subiu demais e acabou indo para fora. Ao quinze minutos, ele costurou a defesa adversária, indo em direção ao goleiro Mota e dando um belo passe a Pedro Henrique, que tentou meter a bola cruzada, na diagonal, mas que acabou saindo novamente.

 

Acompanhe todos os lances da partida


Paysandu manteve a calma e foi dominando a partida

Apesar do São Francisco parecer muito mais ofensivo no primeiro tempo, as chances que o time santareno perdeu o deixaram para trás, enquanto o Paysandu soube aproveitar as oportunidades que surgiam. Aos dezesseis minutos, Marcos Antônio lançou a redonda em direção ao gol, mas ela acabou caindo no pé de Paulo Rangel, que chutou na trave. Quando a bola voltou, Nicolas, que estava sozinho, cabeceou para a defesa da goleiro Labilá, mas a jogada ainda não tinha acabado Em mais uma sobra, Vinícius Leite conseguiu empurrar a bola para o gol e abrir o placar para o Paysandu. Esse foi o primeiro gol do atacante com a camisa alviceleste.


Segundo gol marca a superioridade da técnica do Paysandu.

Ao vinte e três minutos, após uma cobrança de escanteio de Marcos Antônio, o Paysandu conseguiu seu segundo gol. Victor Oliveira ficou onde estava, tranquilo. Ele esperou a bola vir até ele e, com firmeza e sozinho, cabeceou no canto esquerdo do goleiro Labilá, aproveitando o fato de estar sem marcação nenhuma. Após mais esse, o São Francisco começou a sentir o peso de dois gols no final do primeiro tempo, com os jogadores perdendo o foco. Aos 35 minutos, Careca tomou um cartão amarelo, após derrubar Paulo Rangel. Logo em seguida, aos 37 minutos, foi a vez de Boquinha ser amarelado por reclamação. 

 

Veja os gols e melhores momentos da partida

 

São Francisco tenta, mas jogo já era do Paysandu

O começo do segundo tempo foi marcado pelas mudanças, com o São Francisco de reconfigurando para tentar uma reação, e o Paysandu analisando o jogo do adversário para se adaptar. O São Francisco, mais uma vez, ficou marcado pelas tentativas frustradas, onde a finalização das jogadas não traziam o resultado esperado, enquanto o Paysandu se poupava mais e tentava jogar nas falhas do adversário.

Aos 19 minutos, Yan tentou uma jogada individual quando ele avançou pela esquerda e, sozinho, puxou para o meio de campo, limpando a marcação. Ele mandou um chute bom, mas o goleiro Mota conseguiu defender com segurança.

Mota não leva gol há cinco jogos (Ascom São Francisco)

 

Papão investe no jogo áereo e consegue mais um gol para fechar

Aos 27 minutos, Vinícius Leite mandou um belo passe de contra-ataque para área, e Nicolas recebeu a bola e mandou um belo gol... que foi anulado! Mesmo após ele passar pelo zagueiro e bater para a rede, a jogada já estava anulada.

Aos 33 minutos, em uma cobrança de escanteio de Leandro Lima pela direita, Micael voou e mandou uma boa cabeçada na primeira trave ainda. Ninguém acompanhou o jogador do Paysandu que, sem marcação individual, fez uma bela jogada área e meteu a bola na rede de Labilá, acabando com as chances do São Francisco.

O Paysandu volta a campo no próximo domingo (17), às 10h, para enfrentar o Castanhal, no Estádio da Curuzu, pela oitava rodada do Campeonato Paraense. No próximo sábado (16), o São Francisco pega o Tapajós em casa. 

Bem postado, Paysandu também foi mortal nos contra-ataques (Ascom São Francisco)

FICHA TÉCNICA

São Francisco 0x3 Paysandu

Data: 10/03/2019

Hora: 18h

Local: Estádio Colosso do Tapajós, em Santarém (PA)

Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (Fifa-PA)

Assistentes: Jonatan Leoni Lopes e Raimundo Nonato Pereira (PA)

Cartões amarelos: Boquinha, Alexandre, Careca (S); Thiago Primão e Micael (P)

São Francisco: Labilá; Pedro Henrique, Careca, Douglas e Rafael Reis; Boquinha (Ramon), Wendell (Jefferson Monte Alegre), Cristian e Alexandre; Yan e Rafael Paty (Daniel Papa-Léguas). Técnico: Júnior Amorim.

Paysandu: Mota; Fábio Alemão, Micael e Victor Oliveira; Diego Matos, Jhony Douglas, Thiago Primão (Willyam) e Marcos Antônio (Leandro Lima); Vinícius Leite, Paulo Rangel (Elielton) e Nicolas. Técnico: João Brigatti.

Público e renda:

Pagantes: 584

Credenciados: 493

Público total: 1.077

Renda bruta: R$ 15.360,00

Esportes