Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Ex-jogador do Flamengo, paraense Roma reencontra companheiro de time e de títulos pelo Rubro-Negro

Roma e Alessandro Nunes fizeram parte de um Flamengo com muitas estrelas no elenco.

O Liberal

Nos anos 2000, o paraense Roma dividia os gramados com o lateral-direito Alessandro Nunes no Clube de Regatas do Flamengo. Após décadas de amizade, os ex-jogadores seguem compartilhando momentos pessoais e profissionais nas suas respectivas carreiras - o paraense é advogado e o amigo, gerente de futebol do Corinthians.

No Rio de Janeiro, Roma foi assistir de perto o jogo de volta das quartas de final da Copa Libertadores, entre Flamengo x Corinthians, no estádio do Maracanã, que acontece nesta terça-feira (9), e aproveitou para matar a saudade de antigos companheiros do futebol. “Impossível não fazer parte desse momento do Mengão. Sempre que posso assisto os jogos presencialmente; e esse, especificamente, é um jogão que terei a chance de ver de perto."

VEJA MAIS

Ex-atacante Roma relembra passagem pelo Flamengo e dá dicas à dupla paraense do rubro-negro
Paulo Marcel Merabet, o Roma, avalia chegada das novas atacantes do time feminino do Fla, as conterrâneas Anny Marabá e Nayra Pimentinha

Paraense ex-Flamengo assiste final da Libertadores em Macapá ao lado de Edilson Capetinha
Os ex-atacantes Roma e Edilson foram torcer para o time Rubro-Negro a convite de um amigo

Na oportunidade de rever os amigos e assistir a partida, Roma encontrou o amigo Alessandro, que hoje é dirigente do Corinthians. “Eu sempre torço por ele, mas, para o jogo de hoje, ficou complicado manter essa torcida. Ainda mais que estamos com vantagem. Mas quando o Mengão não está na disputa, o que é sempre difícil, porque sempre estamos bem nas competições, torço para o meu amigo”, disse Roma.

Roma e Alessandro se reencontram no Rio de Janeiro em decisão na Libertadores (Arquivo Pessoal)

A disputa de hoje vale vaga para a semifinal da Libertadores, além de uma premiação de dois milhões de dólares, quase R$ 10,3 milhões na cotação atual. No jogo de ida, o Flamengo venceu por 2 a 0, e em caso da soma dos placares serem iguais, a classificação será decidida nos pênaltis.

Roma e Alessandro eram das categorias de base do Flamengo e iniciando as suas carreiras de atletas juntos. No profissional, eles foram treinados por Zagallo e se tornaram tricampeões carioca e também conquistaram o título da Copa dos Campeões.

“O Alessandro é meu irmão de verdade, temos uma relação boa de amizade que foi mantida durante todos esses anos. A gente sempre se encontra para bater um papo, rir das novidades e relembrar os bons momentos, que foram muitos”, disse o paraense.

Em 2001, Roma e Alessandro estavam na partida na conquista do Campeonato Carioca de Futebol, quando o Flamengo conquistou o título com o gol que saiu da cobrança de falta do sérvio Petković. O paraense estava em campo e o amigo no banco de reservas, sendo protagonista de uma cena que marcou gerações: ele rezava sentado enquanto o sérvio marcava. Além dos três, estavam no elenco do Mengão nessa ocasião Júlio César, Gamarra, Juan, Edílson e Reinaldo.

Esportes
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM ESPORTES

MAIS LIDAS EM ESPORTES