Paraense é eleito vice-presidente da Confederação Sul-Americana de Basquete

Marcelo Souza terá mandato de 4 anos na entidade latina

Braz Chucre

O paraense Marcelo Souza, diretor-executivo da Confederação Brasileira de Basketball (CBB), foi eleito vice-presidente da Confederação Sul-Americana (Consubasquet) em eleição realizada em Assunção, no Paraguai.

O "papa-chibé" integra a diretoria comandada pelo paraguaio Marcelo Bedoya, que foi eleito presidente para o quadriênio 2019 a 2022, em substituição ao presidente anterior, o também brasileiro Gerasime ‘Grego’ Bozikis.

“É com imensa alegria e satisfação que assumo a vice-presidência da Confederação Sul-Americana, ciente de todas as responsabilidades que o cargo exige. Temos um time muito coeso e unido, que vai lutar muito pelo desenvolvimento do basquete no continente”, explicou Marcelo, ex-jogador de Remo e Payandu e também ex-dirigente da FPB - Federaçao Paraens de Basquete ao site oficial da CBB (Confederação Brasileira de Basquete).

“Agradeço o apoio do presidente anterior, Gerasime ‘Grego’ Bozikis, e a confiança do atual, Marcelo Bedoya. Também quero agradecer ao presidente Guy Peixoto Jr, pelo trabalho de recuperação que vem realizando na CBB  fato que tem sito notado com alegria por todos os países e órgãos ligados ao basquete internacional e tem aberto cada vez mais as portas, visto que a retomada da credibilidade foi notória por todos”, complementou Marcelo.

A assembleia ocorreu com a presença das principais autoridades da FIBA, como o presidente Horacio Muratore, o vice-presidente Hamane Niang e o secretário-geral Andreas Zagklis, além do presidente da FIBA Américas, Usie Richards, e do brasileiro Carlos Alves, CEO da mesma instituição.

Além de Bedoya e Sousa, a nova diretoria da Confederação Sul-Americana conta com o boliviano Marco Arze (tesoureiro) e com o equatoriano José Arévalo (secretário-geral).

Mais Esportes