Lyoto Machida relembra "surra" que levou de um treinador e explica: "Foi um batismo"

Aos 40 anos, lutador radicado no Pará segue a carreira no Bellator

Redação Integrada

Prestes a completar o seu 41º aniversário, o lutador baiano radicado no Pará, Lyoto Machida, foi às redes sociais para relembrar um fato marcante da carreira: a "surra" que levou do próprio mentor, Antônio Inoki, logo após a primeira vitória no MMA.

A luta foi em Tóquio e Lyoto desceu do combate para cumprimentar o então técnico e padrinho, Antônio Inoki. De forma surpreendente, na frente do público e da imprensa, Inoki disparou uma sequência de socos em Lyoto. Ao final do episódio, Machida o agradeceu e saiu para entrevistas como se nada tivesse acontecido.

Pelo Instagram, nesta quarta-feira (24), o lutador, que já foi campeão do UFC (Ultimate Fighting Championship) e integra atualmente o card do Bellator - considerado o segundo maior evento de MMA do mundo -, creditou o motivo dos socos sofridos a uma "lenda oriental". Veja abaixo!

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Muita gente me pergunta sobre esse vídeo, entre fãs e jornalistas! Vou explicar para vocês: quando eu estreei nas artes marciais, lutei em Tóquio e meu padrinho era o Antônio Inoki, antigo praticante de MMA. Ele foi uma das pessoas que incentivou a me tornar um lutador de MMA e esses golpes que ele me dá são um batismo! Sim, é uma maneira dele me passar boas energias. É uma lenda oriental que diz que uma vez ele deu um tapa em um rapaz e ele teve muito sucesso. Essa foi a forma dele de me desejar o mesmo. Só tenho a agradecer! / Many fans and journalists ask me about this video! I’ll explain it to you: when I had my martial arts debut, I fought in Tokyo and Antonio Inoki, a former MMA practitioner, was my mentor. He was one of the people who encouraged me to become a MMA fighter and by hitting me, it was a form of baptism. Yes, it was his way of giving me good energy. It’s an Eastern legend that he once hit a man who had a lot of success later. It was his way of wishing me the same thing. I can only be grateful!

Uma publicação compartilhada por Lyoto Machida (@lyotomachidafw) em

Muita gente me pergunta sobre esse vídeo, entre fãs e jornalistas! Vou explicar para vocês: quando eu estreei nas artes marciais, lutei em Tóquio e meu padrinho era o Antônio Inoki, antigo praticante de MMA. Ele foi uma das pessoas que incentivou a me tornar um lutador de MMA e esses golpes que ele me dá são um batismo! Sim, é uma maneira dele me passar boas energias. É uma lenda oriental que diz que uma vez ele deu um tapa em um rapaz e ele teve muito sucesso. Essa foi a forma dele de me desejar o mesmo. Só tenho a agradecer!

Antônio Inoki é um japonês que tem, atualmente, 72 anos e segue como promotor de wrestling profissional e também de MMA. Ele é, inclusive, proprietário de uma federação de lutas. Inoki foi lutador entre os anos de 1960 e 1998 e tem ascendência brasileira por conta de seus avós. O irmão dele, Hiroyasu Inoki é oitavo dan em Karatê shotokan.

Mais Esportes
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!