Morre Papa Diop, autor do primeiro gol da Copa do Mundo de 2002

Aposentado desde 2013, senegalês sofria de doença degenerativa que enfraquecia músculos e diminuía a sensibilidade de membros superiores e inferiores

LANCE!

Morreu neste domingo, aos 42 anos, o senegalês Papa Bouba Diop. Autor do primeiro gol da Copa do Mundo de 2002 na vitória de Senegal sobre a França por 1 a 0, o ex-meio-campista sofria da Doença de Charcot, uma síndrome degenerativa nervosa que enfraquece músculos e diminui a sensibilidade nos membros superiores e inferiores.

Diop, que teve a morte divulgada inicialmente pela imprensa senegalesa, foi revelado na Suíça, onde atuou por Vevey United, Xamax e Grasshoppers. O jogador atuou também no Lens, da França, e no AEK, da Grécia. Sua grande passagem, porém, foi na Inglaterra. O africano passou por Fulham, Portsmouth, West Ham e Birmingham, onde encerrou a carreira em 2013.

Através do Twitter, a Fifa lamentou a morte de Papa Diop e disse que o jogador será para sempre "um herói da Copa do Mundo".

- A Fifa está triste ao saber do falecimento da lenda do Senegal Papa Bouba Diop. Uma vez um herói da Copa do Mundo, sempre um herói da Copa do Mundo - disse a entidade máxima do futebol.

Futebol
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM FUTEBOL

MAIS LIDAS EM ESPORTES