Copa Verde ou Parazão? Helder avalia possibilidades de reinauguração do Mangueirão

Helder Barbalho falou sobre as obras no estádio, que estão em fase final de conclusão

Luiz Guilherme Ramos

O governador do Pará e candidato à reeleição, Helder Barbalho, encerrou a série de entrevistas de O Liberal com os principais postulantes ao cargo de chefe do executivo estadual. Ao final da conversa, ele conversou com o Núcleo de Esportes de O Liberal sobre o andamento das obras de requalificação do estádio Olímpico do Pará, o Mangueirão. 

A principal praça esportiva do estado está em obras desde o mês de junho e até o momento teve cerca de 95% dos trabalhos concluídos. A ideia inicial era inaugurar com jogo dos times paraense que disputavam a Série C, mas devido a eliminação de Remo e Paysandu, o jogo de estreia do novo estádio segue sem data definida. 

"A parte do governo, que é a conclusão das obras, está dentro do nosso planejamento. No momento em que as obras estiverem concluídas, o estádio estará à disposição para ser utilizado. Caso os times que estão disputando a Copa Verde, queiram utilizar, nós vamos disponibilizar sem nenhum embaraço", garante Helder. 

SAIBA MAIS

Preço do aluguel do novo Mangueirão pode chegar até R$ 45 mil; veja os valores
Valores foram revelados nesta sexta-feira (16), no Diário Oficial


Mangueirão: Para atender critérios técnicos, estádio só receberá pista de atletismo em 2023
Mangueirão já recebeu vários eventos de atletismo e registrou um dos maiores públicos em competições na América do Sul


Mangueirão: Secretário de Obras revela que estádio pode ser repassado à iniciativa privada
Segundo Ruy Cabral, o tema ainda está sendo discutido, mas, o foco neste momento é reabertura do novo Mangueirão

A Copa Verde deste ano está programada para acontecer entre os dias 25 de outubro e 15 de novembro. Tuna Luso e Paysandu são os representantes paraenses, enquanto o Clube do Remo desistiu da disputa, após ser eliminado da Série C ao final da primeira fase. Com isso, o planejamento do governo estadual precisou sofrer mudanças que tornam indefinida a reabertura do estádio. 

"Havíamos planejado que seria o último jogo do Paysandu, no dia 25, contra o Vitória. Por razões óbvias, eles não utilizaram. A partir dai, o foco do governo do estado é que as obras estejam pronta e à disposição de quem quiser usar o estádio como praça esportiva. Claro, compreendendo de que estamos no final de ano, planejamento dos clubes. Vamos acompanhar essa avaliação".

Caso não seja de interesse dos clubes utilizá-lo na Copa Verde, a solução apontada pelo governo é o Campeonato Paraense do ano que vem. Assim, tudo indica que o retorno do Mangueirão está entre a Copa Verde e o Parazão. "Estamos conversando com a FPF alternativas e no momento em que as mesmas possam estar consolidadas, anunciar um calendário de uso do novo Mangueirão. Caso ainda este ano, os clubes paraenses ou uma outra alternativa não surja, provavelmente o Mangueirão deve ser aberto no início do Parazão", finaliza. 

 

 

 

Futebol
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM FUTEBOL

MAIS LIDAS EM ESPORTES