Contratação de Robinho pelo Santos é avaliada por atletas do futebol paraense: 'Desvaloriza as jogadoras'

A contratação do atacante rendeu duras manifestações de jogadoras, torcedores e patrocinadores

Beatriz Reis

Um assunto extracampo movimentou as redes sociais na última semana: a contratação do atacante Robinho pelo Santos-SP. Condenado por estupro de uma jovem na Itália, em primeira instância, o jogador brasileiro já carrega uma série de interpretações negativas que impactam na imagem do clube.  

O assunto foi discutido no futebol paraense, repercutindo entre mulheres que amam e praticam o esporte em Belém. A lateral-direita do Tiradentes, Geovana Moraes, opinou que a contratação não é uma medida coerente do Santos. “A contratação de um jogador que cometeu um crime gravíssimo de estupro, o fato dele está de volta ao esporte e em um clube grande, é algo que desvaloriza as jogadoras do [futebol] feminino”, afirmou a atleta.

A técnica da equipe feminina do Paysandu, Aline Costa, considera que o ocorrido é de natureza grave, mas que o ser o humano precisa de uma segunda chance. “A gente fica triste por ser mulher, constantemente estamos em uma violência, não só sexual, violência física, por palavras. São coisas que ficamos decepcionadas mas espero que ele possa se redimir do ocorrido”, falou.

Imagem

A contratação de um jogador acusado e sentenciado já rendeu contatos negativos para o Santos. A Orthopride foi a primeira empresa que rescindiu o contrato com o clube. Outras empresas, como a Kicaldo, Tekbond e outros patrocinadores, ameaçando rescindir o contrato de patrocínio caso o atleta continue no clube.

Algumas empresas patrocinadoras do Santos também publicaram notas nas redes sociais se posicionando contra a permanência do atleta.

Diversas manifestações contra a contratação do atleta tomaram conta das redes sociais também. O movimento “Bancada das Sereias", que possui apoio oficial do Clube, declarou em redes sociais “Dói, dói na alma. O Santos regrediu em uma luta de anos e só nós sabemos o quanto perdemos”.

Até o fechamento desta reportagem, o Santos ainda não havia se posicionado sobre a situação do atleta.

Relembre 

Essa é a quarta passagem do atleta pelo clube, onde teve início da sua carreira em 2002. Na oportunidade, foi campeão brasileiro, sendo contratado pelo poderoso Real Madrid. Não teve uma carreira tão bem-sucedida na Europa, mas esteve no Milan, da Itália. Foi quando ocorreu o crime.  

Entre idas e vindas, Robinho foi contratado até fevereiro de 2021, quando deve acabar o Campeonato Brasileiro da Série A. A situação de Robinho e Santos ficou ainda mais dramática após uma matéria, veiculada pelo Globoesporte.com, revelar que os grampos e as transcrições de conversas do jogador foram essenciais para a sentença que totalizam nove anos de prisão - ainda em primeira instância, sendo que cabe recurso da defesa.

 

Futebol
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM ESPORTES