Mazola Jr. é apresentado no Remo, cutuca diretor do Paysandu e diz: 'Não vim passar vergonha'

Apresentação oficial do novo treinador será após atividade no Baenão

Redação Integrada

O início da apresentação oficial do treinador Mazola Junior no Clube do Remo foi logo com "carteirada". Marcado por ter se inserido no programa de sócio-torcedor do Paysandu em 2014, o comandante, ao lado do presidente remista, Fábio Bentes, fez questão de mostrar a carteirinha de sócio-torcedor do Remo com o nome do técnico. Em seguida, Mazola cutucou o diretor executivo de futebol do Paysandu, Felipe Albuquerque, elogiando a cidade de Belém.

"Diferente do que uns falam por aí, eu gosto de Belém, gosto das pessoas de Belém e da culinária nem se fala. Sobre o Paysandu, quero deixar claro que não sou torcedor do Paysandu. Naquele momento, assinei um contrato para participar das ações de marketing do clube e o fiz. Mas não torço pelo Paysandu. Neste ano, visto a camisa do Remo e vou trabalhar ao máximo para conquistar os objetivos do clube", disse.

O estilo continua o mesmo que o notabilizou durante as passagens pelo Paysandu, direto, de poucos sorrisos e respostas nem sempre polidas. De cara, Mazola fez questão de esclarecer relação com o Paysandu, afirmando que não é torcedor do rival azulino.

“Eu não sou torcedor do Paysandu, eu trabalhei no Paysandu. E no meu contrato de imagem tinha uma cláusula que eu tinha que participar de todas as ações de marketing do clube”, disse.

"Eu sei que o Remo fez um grande esforço para que eu aqui esteja. E o Remo também sabe. O presidente sabe o que eu falei pra ele. Eu não vim pra cá pra passar vergonha. Eu tenho certeza que vamos ter um sucesso muito maior do que tivemos do outro lado da avenida", reforçou.

Sobre as polêmicas passadas envolvendo o Leão, com declarações públicas contra dirigentes, Mazola também esclareceu que não se referia ao Clube do Remo, apenas a pessoas que trabalham na equipe naquele momento. "Tudo o que aconteceu foi contra pessoas, não contra a instituição. Em nenhum momento eu ofendi a instituição. Eu peço um voto de credibilidade para a torcida do Remo".

VEJA COMO FOI O PRIMEIRO DIA DE TREINO DE MAZOLA NO REMO:

Mazola também comentou sobre o elenco. Sem dar nenhum diagnóstico, alegando falta de tempo, o treinador citou Eduardo Ramos, velho conhecido dos campos paraenses. Sem jogar com o ex-técnico Rafael Jaques, o agora novo comandante prometeu conversar com o camisa 10 e xodó de parte da torcida. "Vou conversar com o Eduardo Ramos de 'mano'. Se ele estiver bem é ele e mais 10", pontuou.

O primeiro compromisso de Mazola Jr à frente do Clube de Periçá será no próximo domingo (1), às 10h, no Baenão, contra o Carajás, em partida que terá cobertura lance a lance de Oliberal.com

Esportes
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM ESPORTES