Ibope mostra empate técnico entre Edmilson Rodrigues e delegado Eguchi

Pesquisa estimulada apontou Edmilson com 45% das intenções de voto e Eguchi com 43%

Keila Ferreira

O primeiro levantamento do Ibope Inteligência sobre as intenções de voto no segundo turno para a Prefeitura de Belém, encomendado pela TV Liberal, aponta os candidatos Edmilson Rodrigues (PSOL) e Delegado Federal Eguchi (Patriota) tecnicamente empatados. Na pesquisa estimulada (quando são apresentados os nomes dos candidatos), Edmilson aparece com 45% das menções, enquanto Eguchi representou 43% das respostas. Como a margem de erro é de 4 pontos percentuais para mais ou para menos, o candidato do PSOL tem entre 41% e 49% e o candidato do Patriota de 39% a 47%. Brancos e nulos correspondem a 8% das menções e 4% dos entrevistados não sabem ou não responderam.

 

Para facilitar a comparação com os resultados oficiais divulgados pelos Tribunais Regionais Eleitorais, o Ibope também apresentou os votos válidos, que corresponde à proporção de votos do candidato sobre o total de votos, excluídos os votos brancos, nulos e indecisos. Nessa pesquisa, os dois candidatos que chegaram ao segundo turno nas eleições à Prefeitura de Belém também estão em empate técnico, considerando a margem de erro, que é de 4 pontos percentuais para mais e para menos. Edmilson tem 52% das intenções de voto, enquanto Eguchi aparece com 48%.

LEIA MAIS

Maioria dos eleitores se declara decidida sobre escolha entre Edmilson e Eguchi, aponta Ibope

IBOPE: veja a avaliação de Belém sobre Zenaldo Coutinho, Helder Barbalho e Jair Bolsonaro

Na pesquisa espontânea (quando os nomes dos candidatos não são apresentados ao eleitor), Edmilson Rodrigues foi mencionado por 44% dos entrevistados e Eguchi por 37%. Além disso, 10% dos entrevistados disseram votar branco/nulo e 9% não sabem ou não responderam. A soma dos percentuais da pesquisa pode não totalizar 100% em decorrência de arredondamentos. 

O levantamento sobre as intenções de voto à Prefeitura de Belém foi realizado de maneira presencial, ouvindo 602 pessoas entre os dias 18 e 20 de novembro de 2020. O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que a probabilidade de os resultados retratarem o atual momento eleitoral é de 95%. Encomendada pela TV Liberal, a pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral de Pará (TRE/PA) sob o protocolo Nº PA 08277/2020. Durante a abordagem para realização do levantamento, os entrevistadores utilizaram os equipamentos de proteção (EPIs) necessários para garantia da própria saúde e também a dos entrevistados.

VOTOS POR SEGMENTOS

Quanto aos segmentos, a pesquisa mostrou que Edmilson Rodrigues apresenta intenção de voto mais significativa entre os eleitores mais jovens, de 16 a 24 anos, registrando 59% das menções dos entrevistados dessa faixa etária. Por outro lado, cai para 39% das menções entre os que têm de 45 a 54 anos. Ele também foi o mais citado entre as mulheres (48%), enquanto teve 42% das menções entre os homens. 

No que se refere ao grau de escolaridade, o candidato do PSOL foi mais citado entre os que têm nível superior (49%) e teve desempenho menor entre os entrevistados que possuem ensino fundamental (43%). Ele também foi mencionado por 47% de pretos e pardos, 41% dos brancos e 23% dos entrevistados que se disseram de outra raça/cor. Quando à religião, Edmilson tem a preferência dos católicos (48%). O candidato do PSOL também foi o mais citado entre os entrevistados com menor renda familiar, que recebem até 1 salário mínimo (48%) ou mais de 1 a 2 salários mínimos (47%). 

Metade dos eleitores que classificam a gestão do atual prefeito Zenaldo Coutinho como ruim ou péssima disse que vai votar em Edmilson Rodrigues. Ele também foi mencionado por 42% dos que consideram a gestão municipal regular e por apenas 33% daqueles que consideram a administração de Zenaldo ótima ou boa. 

Delegado Federal Eguchi, por sua vez, tem menções mais expressivas entre eleitores que avaliam positivamente a gestão atual (61%) e cai para 38% entre aqueles que a consideram ruim ou péssima. O percentual de menções dele entre os que consideram a atual administração regular é de 46%. Ele também foi o mais citado entre os evangélicos (53%), teve 38% das menções dos católicos entrevistados e 35% daqueles que se declararam de outra religião. Comparativamente, Eguchi é mais citado pelos homens (49%), do que pelas mulheres (38%). 

Quanto à faixa de renda, ele foi mencionado, principalmente, entre os que têm renda familiar de 2 a cinco salários mínimos ou acima de 5 salários mínimos (47% cada). E cai para 38% e 39% das menções entre os que têm renda de mais de 1 a 2 salários mínimos ou até 1 salário mínimo, respectivamente. 

No que se refere ao grau de instrução, o melhor desempenho de Eguchi foi entre os que têm ensino médio (45%) e o mais baixo foi entre os que possuem ensino superior (39%). Ele também foi citado por 42% dos que possuem ensino fundamental.

Eleições
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!