Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

‘Ter o voo Belém-Salinas fortalece a capital como cidade turística’, diz Edmilson Rodrigues

Prefeito de Belém afirma que olhar para Salinas é complementar o início de um reconhecimento de potencial da capital e de Santarém como destinos turísticos

Natália Mello

A venda dos voos para o município de Salinópolis também é visto como uma forma de fortalecer o potencial da capital paraense enquanto cidade turística, segundo Edmilson Rodrigues. “Aqueles que vêm de fora terão que parar em Belém. De modo que Belém vê tanto Alter do Chão quanto Salinas crescerem como polos turísticos e, ao mesmo tempo, se fortalece como cidade turística, exatamente por ser a capital, o ponto de partida e o ponto de chegada desses paraísos amazônicos que estão no Pará”, analisou o prefeito da capital paraense.

O chefe do Executivo municipal afirma que Belém ganha muito com o início da operação do trecho para a Região do Salgado. Edmilson lembra que o município detém parte da costa atlântica brasileira, e o desenvolvimento do turismo na cidade complementa o reconhecimento da capital e de Santarém, por parte da revista oficial da Secretaria Nacional de Turismo, como destino entre 25 cidades brasileiras.

“Isso é muito significativo. Porque nós falamos de um país que tem 5.571. Agora não é só da praia paradisíaca, de Alter do Chão, com as águas cristalinas no Tapajós; nem é só Belém, com as suas praias de rio que fazem onda em Mosqueiro, em Outeiro, com a sua gastronomia bem premiada pela UNESCO. Salinas complementa tudo isso, porque é parte da costa atlântica brasileira. E muitas pessoas, quando falam em Amazônia, esquecem que o Pará tem Costa Atlântica”, reforça.

Edmilson, por fim, enumera os atrativos de Salinópolis. “Há dunas em Salinópolis, há praias de mar, há areia cristalina, há ondas que permitem esportes náuticos. Portanto, aliar o turismo ecológico, o turismo da gastronomia e o turismo de sol e praia, poucos lugares do mundo têm tudo isso a oferecer e nós temos”, concluiu o prefeito.

O presidente da Câmara Municipal de Belém, Zeca Pirão, também acredita em uma melhora efetiva do turismo da capital, e lembrou ainda a possiblidade de melhorar o atendimento em saúde na região. “Às vezes acontece algum acidente e a gente não tem como levar as pessoas com urgência para Belém, ou por outros lugares que tenham hospital digno de atender as pessoas com acidente grave. Então, em todos os aspectos, vai ser muito bom sim. Vai desenvolver bastante Salinas. E vamos melhorar o nosso estado do Pará no turismo que nós precisamos bastante de dinheiro para melhorar a vida das pessoas”, disse.

A vereadora Nazaré Lima também ressalta que a redução do tempo para o turista de fora chegar até o balneário deve atrair um maior número de visitantes e, com isso, trazer o desenvolvimento econômico na cidade. “Assim, com o início da operação dos voos, além de fortalecer o turismo, gerará emprego e renda, além de ajudar a divulgar o Estado do Pará”, pontuou.

 

Economia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM ECONOMIA

MAIS LIDAS EM ECONOMIA