Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Receita Federal arrecadou mais de um bilhão de reais no Pará em junho

Expansão foi de 44% em relação a junho de 2020

Eduardo Laviano

A arrecadação dos impostos e contribuições administrados pela Secretaria da Receita Federal do Brasil  no estado do Pará, atingiu R$1.147,0 bilhão em junho de 2021, contra R$ 795,7 milhões registrados em junho 2020 - uma expansão nominal de 44,14% e um avanço real de 33,04%.

A participação do Estado na arrecadação da 2ª RF foi de 33,74%, menor do que a registrada no mesmo mês de 2020 (36,44%). 

No primeiro semestre de 2021 a arrecadação paraense acumulou um montante de R$ 7 bilhões, quase 30% a mais que o computado no mesmo período do ano passado, quando arrecadou R$5,4 bilhões.

Alguns fatores são apontados para a equação: o volume de vendas do comércio varejista na jurisdição do Estado registrou evolução de 43,40% em maio de 2021. No acumulado entre janeiro e maio o volume de vendas apresentou expansão 19,90%. A arrecadação no estado também registrou uma expansão de 4,70% em maio 2021 e de 4,00% no acumulado entre janeiro e maio na produção industrial do estado do Pará em relação aos mesmos períodos de 2020.

Além disso, há saldo positivo na na relação entre contratados e demitidos no estado. A receita nominal de vendas no varejo também subiu: 57,70% em maio de 2021 e 31,10% nos cinco primeiros meses do ano. Em maio de 2020, por exemplo, a retração foi de 11,80%.

Resultados da região

A arrecadação dos impostos e contribuições administrados pela Secretaria da Receita Federal do Brasil na 2ª Região Fiscal atingiu a cifra de R$3,3 bilhões em junho de 2021, que equivale a 55,69% a mais que a arrecadação no mesmo período em 2020.

Os R$ 2,1 bilhões arrecadados no primeiro semestre do ano passado representam um avanço real de 27,67%. A participação da 2ª RF na arrecadação Brasil foi de 2,57% no mês de junho de 2021, enquanto que em junho de 2020 a participação ficou 2,61%.

A segunda região fiscal corresponde a seis estados: Acre, Amazonas, Amapá, Pará, Rondônia e Roraima.

Economia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM ECONOMIA

MAIS LIDAS EM ECONOMIA