Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Postos de combustíveis devem mudar forma de mostrar os preços

Agência Nacional do Petróleo determinou que valores devem ter apenas duas casas decimais e não mais três como é usado

Beatriz Reis

A partir do próximo dia 7 de maio, os revendedores de combustíveis de todo país iram exibir os preços com duas casas decimais e não mais com três, como ocorre atualmente. A Resolução nº 858/2021, da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis, deu um prazo para que as revendedoras se adequassem até essa data.

VEJA MAIS

Gasolina aumenta pela segunda semana seguida e atinge novo recorde
O preço médio do litro da gasolina no país ficou em R$ 7,270

Etanol mais caro; entenda o que influencia a alta de preços
Muitos motoristas optam pelo álcool, mas, com valores elevados, nem sempre compensa substituir a gasolina pelo etanol

Vai abastecer? Saiba como evitar explosão em posto de gasolina ao usar celular e fumar cigarro
Usar celular, fumar cigarro, abastecer com o carro ligado podem causar explosão nos postos de combustíveis. Veja dicas para evitar um acidente

Segundo informou a ANP, a mudança deixa o preço do combustível mais preciso e claro para o consumidor, dessa forma alinha-se com a expressão numérica da moeda brasileira. Os preços devem ser exibidos com duas casas decimais, tanto no painel de preços quanto nos visores das bombas.

Ainda de acordo com a Agência, nas bombas serão permitidos que o terceiro dígito seja mantido, desde que seja zero e que fique travado no momento do abastecimento. Dessa forma, os postos não precisam trocar os módulos das bombas, o que poderia acarretar custos aos agentes econômicos.

A Agência ainda avaliou que a mudança não implicará impactos no valor final dos combustíveis, uma vez que não terá custos aos revendedores, nem restrições aos preços praticados.

(Estagiária Beatriz Reis, sob supervisão do editor executivo de OLiberal.com, Carlos Fellip)

Economia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM ECONOMIA

MAIS LIDAS EM ECONOMIA