Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Gasolina aumenta pela segunda semana seguida e atinge novo recorde

O preço médio do litro da gasolina no país ficou em R$ 7,270

Luciana Carvalho

Segundo os dados divulgados pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), o preço da gasolina subiu pela segunda semana seguida e atingiu novo recorde nos postos de combustíveis. As informações são do G1 Nacional.

O preço médio do litro da gasolina no país ficou em R$ 7,270 na semana entre os dias 17 e 23 de abril, o que representa uma alta de 0,70% em relação a semana anterior. Esse é o maior valor nominal pago pelos consumidores desde que a ANP passou a fazer levantamento semanal de preços, em 2004.

O pico até então, tinha sido registrado na semana entre os dias 13 e 19 de março custando R$ 7,267, o litro, após o forte reajuste de preços anunciado pela Petrobras.

VEJA MAIS

Prévia da inflação fica em 1,73% em abril, a maior para o mês desde 1995
Com alta de 7,51%, a gasolina foi a principal responsável pela alta de preços

Etanol mais caro; entenda o que influencia a alta de preços
Muitos motoristas optam pelo álcool, mas, com valores elevados, nem sempre compensa substituir a gasolina pelo etanol

O maior preço encontrado nos mais de 5 mil postos pesquisados foi de R$ 8,599, o litro. Até então, o maior valor registrado pela pesquisa tinha sido de R$ 8,499, o litro. O menor valor encontrado foi R$ 6,190.

A elevação dos preços dos combustíveis ocorre em meio à forte alta nos preços internacionais do petróleo após a Rússia ter invadido a Ucrânia, impactados pela oferta limitada frente a demanda mundial por energia.

Desde 2016, a Petrobras adotou o chamado PPI (Preço de Paridade de Importação), após anos praticando preços controlados, principalmente durante o governo Dilma Rousseff. O controle de preços era uma forma de suavizar a inflação, mas causou grandes prejuízos à petroleira.

Pela política de preços atual, os preços cobrados nas refinarias se orientam pelas flutuações do preço do barril de petróleo no mercado internacional e do câmbio.

(Luciana Carvalho, estagiária, sob supervisão de Keila Ferreira, Coordenadora do Núcleo de Política.)

Economia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM ECONOMIA

MAIS LIDAS EM ECONOMIA