Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Pis/Pasep: veja o passo a passo de como sacar o abono salarial 'esquecido' de 2019

O valor pode ser retirado por trabalhadores que deixaram de sacar entre julho de 2019 e junho de 2020; saiba como

Paula Figueiredo

Desde do último dia 31 de março, um total de R$ 208 milhões do abono salarial de anos anteriores estão disponíveis para retirada por quase 320 mil trabalhadores que deixaram de sacar o valor entre julho de 2019 e junho de 2020. Pensando nisso, o Oliberal.com listou o passo a passo de como consultar e sacar os valores; confira

VEJA MAIS

Abono salarial de 2019 esquecido por trabalhadores está liberado; veja como pedir
Valores somam R$ 208,5 milhões para 320.423 trabalhadores

Veja como consultar online o PIS/Pasep 2022 e saber quando é o próximo pagamento
O Pis beneficia trabalhadores do setor privado com até dois salários mínimos

Como sacar o abono salarial do ano-base 2019?

Inicialmente, para sacar o valor esquecido do PIS/Pasep do ano-base de 2019, é necessário fazer uma requisição formal de reemissão. O pedido pode ser feito presencialmente em qualquer unidade regional do Ministério do Trabalho, mediante a apresentação de um documento com foto, ou pelo e-mail trabalho.uf@economia.gov.br". No lugar do UF, coloque a sigla do estado em que você reside. 

Como consultar o abono salarial do ano-base 2019?

Para saber se você tem direito ao abono salarial basta acessar o aplicativo Carteira de Trabalho Digital ou ligar para o telefone 158.

Quem tem direito ao abono salarial do ano-base 2019?

Tem direito ao abono salarial de 2019 quem recebeu até dois salários mínimos mensais com carteira assinada e exerceu atividade remunerada durante, pelo menos, 30 dias, no ano em questão. O valor do abono de 2019 ficou entre R$ 93 e R$ 1.100, conforme a quantidade de meses trabalhados no ano-base. 

Informações importantes

  1. Vale destacar que o abono "esquecido" não é a mesma coisa que o dinheiro esquecido por brasileiros em bancos.
  2. Outra informação importante é que esse lote é diferente do liberado neste ano, referente ao ano-base 2020, cujos pagamentos foram feitos no dia 8 de fevereiro. 
  3. O PIS é pago pela Caixa Econômica Federal e destinado aos trabalhadores do setor privado
  4. Pasep é pago pelo Banco do Brasil e destinado a servidores públicos

(*Estagiária Paula Figueiredo, sob supervisão da editora de OLiberal.com Ádna Figueira)

Economia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM ECONOMIA

MAIS LIDAS EM ECONOMIA