Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

VÍDEO: Pecuaristas fazem churrasco na porta de agências bancárias após vídeo contra carne

O protesto está marcado para acontecer nas portas das agências de várias cidades, inclusive no Pará

O Liberal

Na manhã desta segunda-feira (3), pecuaristas fizeram um churrasco em frente às portas de agências bancárias em protesto contra um vídeo da instituição que incentivava as pessoas a diminuírem o consumo da carne. As informações são da Folha de São Paulo.

O vídeo consiste em três influenciadoras dando dicas para ter hábitos mais sustentáveis e reduzir as pegadas de carbono. A primeira dica compartilhada é a “Segunda sem Carne”, em que os consumidores optam por pratos vegetarianos. 

"A criação de gado contribui para a emissão dos gases de efeito estufa, então, que tal se a gente reduzir o nosso consumo de carne e escolher um prato vegetariano na segunda-feira?", diz uma delas.

O conteúdo irritou os ruralistas, despertando críticas de políticos que defendem pautas ligadas ao agronegócio, empresários do setor e entidades.

Manifestação marcada para ocorrer também no Pará

A mobilização foi organizada pelas redes socais e foi batizada de "Segunda com Carne". O protesto está marcado para acontecer nas portas das agências de Ribeirão Preto (SP), Araçatuba (SP), Birigui (SP), Cuiabá (MT), Rondonópolis (MT), Araguaína (TO), Água Boa (MT), Canarana (MT), Barra do Garça (MT), Goiânia (GO) e Xinguara (PA).

A organização de Xinguara (PA) divulgou nas redes sociais que haverá doação de carne para quem levar um comprovante de inscrição no programa Auxílio Brasil e documento de identificação.

Resposta dos sindicatos

Segundo os sindicatos, os modelos de produção da agropecuária brasileira utilizam práticas sustentáveis, pastagens produtivas e integrações para a criação de bovinos, que contribuem positivamente para a questão das emissões de carbono.

Após tirar o vídeo de suas redes, o banco divulgou, no último dia 24, uma carta aberta ao agronegócio, em que procurou se desvincular do conteúdo e disse que tomaria ações administrativas internas severas por conta do ocorrido.

"Nos últimos dias lamentavelmente vimos uma posição descabida de influenciadores digitais em relação ao consumo de carne bovina, associadas à nossa marca. Importante dizer que tal posição não representa a visão desta casa em relação ao consumo da carne bovina", diz a carta do banco.

Economia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM ECONOMIA

MAIS LIDAS EM ECONOMIA