#if(!$m.request.preview.inPreviewMode)
CONTINUE EM OLIBERAL.COM
X
#end

Regiões do Pará ganham incentivo ao turismo com novos voos

A ação deve incentivar o turismo e a geração de empregos no estado

Maycon Marte
fonte

O turismo no Pará ganhou um incentivo a mais da Companhia Aérea Azul, com a chegada de voos para novas regiões do estado. A empresa anunciou novas linhas ligando Belém à Ourilândia do Norte, sudeste paraense. Outros municípios estão na expectativa de receberem a novidade, entre eles: São Félix do Xingu, Redenção e Oriximiná. O ministro do turismo, Celso Sabino, destaca que ampliar o turismo aéreo é pauta prioritária na pasta. “Ampliar e diversificar a conectividade aérea é uma das minhas prioridades, desde que assumi a gestão do Ministério do Turismo”, afirma.

O anúncio da expansão de novos voos para outras regiões do estado veio através do governador, Helder Barbalho, em conjunto com o presidente da companhia aérea, John Rodgerson, e o ministro do Turismo, Celso Sabino, no início do ano em visita técnica ao Hangar da Azul. A parceria promoveu programas como o “Conheça o Brasil: Voando”, que tem o objetivo de incentivar o turismo para todo país e por todas as pessoas. 

Segundo o ministro do turismo, a ampliação de voos no Pará são reflexos das novas iniciativas que o ministério vem adotando para fortalecer o setor. “Tenho me empenhado, pessoalmente, para diversificar a malha aérea e atrair novas alternativas de conectividade aérea para o norte do país”, explica. O representante ainda pontua que pretende aproveitar as oportunidades com os grandes eventos sediados no estado. “Especialmente na perspectiva da realização da nossa COP 30 que acontecerá ano que vem e dará visibilidade ao que tanto buscamos e merecemos para a região da Amazônia”.

Companhias aéreas

Em resposta à reportagem, a Azul informou a respeito da expansão às demais regiões que “para este momento, não há previsão de operações nos aeroportos das cidades de São Félix do Xingu e Redenção, no Pará”. De acordo com a empresa, é necessário “que sejam realizadas adequações na infraestrutura aeroportuária para receber aeronaves de maior porte”, dessa forma ainda não há prazos para os novos voos destas regiões.

Por meio de nota, a LATAM, que oferece voos interligando Belém, Santarém e Marabá a outros destinos dentro e fora do estado, informou que o número de viagens realizadas pela companhia demonstraram crescimento. "De acordo com dados da ANAC, em 2023 a LATAM transportou mais de 500 mil passageiros em voos domésticos, partindo do Pará para outros estados brasileiros, registrando um crescimento de 13% em comparação a 2022. O tema já foi tratado na reportagem de O liberal, onde os dados apontam que o turismo no Pará cresceu mais de 13% e também gerou novos empregos.

Participação internacional

“Além de movimentar o turismo doméstico, também queremos atrair o turista estrangeiro”, afirma Sabino. Nesse sentido, o representante destaca os planos de projeção para voos internacionais, incluindo também o norte do país. “Ampliamos nossa participação em importantes eventos internacionais, o que possibilitou, por exemplo, negociar com companhias aéreas internacionais”, pontua.

Sabino lembra que “A TAP [companhia aérea de Portugal] já anunciou novos voos Brasil-Portugal, saindo, inclusive, de Belém”. Para o ministro, a participação dos brasileiros no turismo é uma das metas da pasta. “O brasileiro merece e tem condições de conhecer essas belezas que enchem os olhos de todo o mundo”, afirma.

 

Programas pelo turismo

  • Conheça o Brasil: Voando - O programa estimula a realização de viagens para todo o país por cidadãos brasileiros. De acordo com Sabino, “na alta temporada de verão, que finalizou em março, por conta das ações do Programa, conseguimos ampliar para 94 novos voos atendendo destinos de todo o país”.
  • Conheça o Brasil: Realiza - A iniciativa do ministério do turismo oferece linha de crédito em parceria com o Banco do Brasil para financiamento de viagens com taxas atraentes e convidativas.
  • Conheça o Brasil: Cívico - Resultado da parceria entre o Ministério do Turismo e a Secretária de Turismo do Distrito Federal (Setur-DF), o programa objetiva estimular estudantes e professores a visitarem a capital federal, incentivando o turismo em Brasília durante o período de baixa demanda.
Entre no nosso grupo de notícias no WhatsApp e Telegram 📱
Economia
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM ECONOMIA

MAIS LIDAS EM ECONOMIA