Governo do Estado antecipa pagamento da segunda parcela do décimo terceiro a servidores

Serão injetados mais de R$ 400 milhões na economia paraense

O Liberal
fonte

O Governo do Pará comunicou, na noite desta terça-feira (29), a antecipação do pagamento da segunda parcela do 13º salário dos servidores públicos estaduais, ativos e inativos, a partir da próxima segunda-feira (5). O anúncio foi feito nas redes sociais pelo governador Helder Barbalho, que ressaltou a importância da medida para a economia do Pará, pois serão injetados mais de R$ 400 milhões com a segunda parcela, já desconsiderando os descontos obrigatórios, como Previdência e Imposto de Renda.

A primeira parcela foi paga em outubro, antes do Círio de Nazaré. O governador afirmou que a antecipação da segunda parcela do 13º só é possível por causa do equilíbrio fiscal das contas públicas.

VEJA MAIS

image Primeira parcela do décimo terceiro salário tem que ser paga até esta quarta-feira (30)
No Pará, maior parte das prefeituras já depositou a primeira parcela, restando apenas a segunda, a ser quitada até 20 de dezembro

image Décimo terceiro salário: veja o prazo para o pagamento e como usar o dinheiro de forma eficiente
Termina nesta quarta (30) o prazo para que as empresas façam o pagamento da primeira parcela do dinheiro extra

image Décimo terceiro salário dá mais folga ao orçamento do trabalhador; saiba como usar
Economista orienta que o foco deve ser a quitação de contas e gastos necessários

"Isso é importantíssimo também para nossa economia. São mais de R$ 400 milhões que estaremos injetando na economia para movimentar o comércio e garantir que todo mundo possa ter um Natal com qualidade e, claro, com os seus direitos assegurados. Gratidão aos nossos servidores públicos, a todos que colaboram, e àqueles que já tanto fizeram para servir à nossa população", ressaltou Helder Barbalho.

A antecipação da segunda parcela do 13º, por meio da Secretaria de Estado de Planejamento e Administração (Seplad), beneficiará diretamente mais de 103 mil servidores. “Graças ao bom trabalho e planejamento que todo o time do governo vem desenvolvendo foi possível antecipar o décimo terceiro salário. (...) Nós estamos empenhados em garantir boas condições de trabalho e melhorias aos servidores, pois assim estamos melhorando a qualidade do serviço público e também valorizando o cidadão”, afirmou Thainná Vieira, secretária adjunta de Gestão de Pessoas da Seplad.

"A segunda parcela traz mais de R$ 400 milhões, portanto quase R$ 1 bilhão de injeção de recursos só de 13° salário dos servidores públicos do Estado do Pará. Automaticamente, dependendo da região, o destino de recursos pode se dar muito mais em um setor do que em outro, mas no geral o cumprimento de dívidas, o fortalecimento do consumo e a propagação de injeção de recursos por conta do pagamento do 13° salário no Pará são gigantescos. E isso é importante porque ela dá condição de previsibilidade, e também condição de recepcionar esses recursos nos comércios e nos prestadores de serviços. Além de dar aos servidores públicos um tempo maior de planejamento, não só do que vão pagar como também os gastos das festas de final de ano”, explicou Everson Costa, técnico e pesquisador do Dieese Pará (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos).

image Por que BPC não tem décimo terceiro? Entenda a relação do 13º com o benefício
Benefício de Prestação Continuada tem natureza assistencial e para recebê-lo, cidadão não precisa ter contribuido com o INSS

De acordo com o representante do Dieese, o “Estado do Pará está recebendo este ano cerca de R$ 5 bilhões por conta da entrada do 13° a todos os trabalhadores da iniciativa privada, servidores públicos, trabalhadores domésticos, aposentados e pensionistas. Nesse contexto é importante também destacar a parcela de entrada de recursos do salário dos servidores. O Estado já iniciou o pagamento da primeira parcela ainda no mês de outubro, quando injetou R$ 320 milhões na economia dos 144 municípios, atingindo cerca de 100 mil pessoas".

O servidor estadual Kleber Lara festejou o pagamento adiantado. "A antecipação dos valores do 13º chega em um bom momento, onde estamos tendo um gasto a mais por conta da Copa do Mundo. Mas a gente precisa ter muito cuidado, muita precaução em relação a saber administrar as nossas finanças, visto que quando chega as festas de final de ano, ou até mesmo no começo do ano, a gente ainda tenha algum dinheiro. Por isso é essencial o planejamento financeiro para manter a saúde financeira das pessoas”, disse ele.

Veja o calendário de pagamento:

Dia 05 (segunda-feira) – Inativos militares e pensionistas civis; militares e inativos civis e pensões especiais/Seplad.

Dia 06 (terça-feira) - Auditoria-Geral, Casa Civil, Casa Militar, Defensoria Pública, Gabinete da Vice-Governadoria, PGE, Sedap, Sectet, Seplad, Sefa, Semas, Secult, Seel, Sedeme, Sejudh, Sedop, Sespa, Seaster, Setran, Secom, Setur, NGTM, NEPMV, NGPR, SEAC, Corpo de Bombeiros, Polícia Civil, Polícia Militar, Segup, Seap, Hospital de Clínicas Gaspar Vianna, Hospital Ophir Loyola, Fundação Hemopa, Fundação Santa Casa, Adepará, Arcon, Codec, PCE/PA, Detran, EGPA, Emater, FCG, FCP, Fasepa, Funtelpa, Fapespa, Imetropara, Iasep, Igeprev (IGEPPS), IOE, Iterpa, Jucepa, Prodepa, Uepa, Ideflor-Bio, CPH e Fundação Parapaz.

Dia 07 (quarta-feira) – Seduc (capital e interior).

Economia
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM ECONOMIA

MAIS LIDAS EM ECONOMIA