Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Conab aponta menor nível de consumo de carne em 26 anos

Maior proporção da história foi registrada no ano de 2006, com 42,8 kg por pessoa no ano

O Liberal

A alta da inflação no Brasil tem provocado mudanças nos hábitos alimentares da população. Um exemplo é a troca de refeições por lanches. Estudo da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) aponta que o consumo de carne bovina deve cair ao menor nível nos últimos 26 anos, com 24,8 kg consumidos por cada brasileiro, neste ano de 2022. A maior proporção da série histórica foi registrada em 2006, quando havia uma disponibilidade de 42,8 kg de carne bovina por pessoa. Com informações do G1.

De acordo com a Conab, nos últimos 10 anos, a maior taxa foi registrada em 2013, quando houve o gasto com 38,3 kg de carne por pessoa. A Companhia Nacional de Abastecimento iniciou o levantamento no ano de 1996.

No ano passado, as estimativas dos pesquisadores já haviam mostrado uma queda histórica no consumo. Considerando os últimos cinco anos, a queda deve ser de 26,8% no Brasil. A Conab informa que a disponibilidade do produto é calculada retirando o volume exportado de carne do que é produzido nacionalmente e importado.

Brasil tem inflação acima de países do G20

Em julho passado, o relatório da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) revelou que a inflação do Brasil (em maio, a taxa foi de 11,7%) segue acima da média das maiores economias do mundo, com taxa anual de 8,8%.

Para se ter uma ideia, no conjunto de países do grupo G20, organização que reúne as mais importantes economias do mundo, apenas a Turquia, a Argentina e a Rússia também têm inflação acima de 10% ao ano. O resultado do altíssimo custo de vida brasileiro se reflete no aumento da fome no Brasil.

Cerca de  61,3 milhões de brasileiros têm algum tipo de insegurança alimentar. Isso é o que diz o relatório recente da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO). A alta dos preços dos alimentos concorre para um quadro desanimador quando se pensa na qualidade de vida das camadas sociais mais pobres. Nesse contexto, especialistas apontam que o consumo diminuiu e deve continuar nesta tendência nos próximos anos também por questões ambientais e mudanças culturais.

Acompanhe o consumo de carne bovina no Brasil

AnoKg/ por habitante

2012 > 35,9

2013 > 38,3

2014 > 35,3

2015 > 33,2

2016 > 33,9

2017 > 33,9

2018 > 33,9

2019 > 30,6

2020 > 27,7

2021 > 27,8

2022 > 24,8

Fonte: Conab.

Economia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM ECONOMIA

MAIS LIDAS EM ECONOMIA