'The Voice+': como vai funcionar a versão para maiores de 60 anos

Versão promete histórias variadas, de pessoas que sempre quiseram, mas nunca tiveram a chance de cantar até backing vocals de artistas famosos em busca de carreira solo

Agência Estado

O The Voice+, edição do reality show musical da Globo para pessoas com mais de 60 anos, estreia neste domingo, 17. Em 7 de janeiro a emissora realizou entrevista coletiva com Claudia Leitte, Daniel, Mumuzinho e Ludmilla, os jurados da atração, André Marques e Thalita Rebouças, os apresentadores, o diretor artístico, Creso Eduardo Macedo, a diretora-geral, Angélica Campos e Boninho.

O The Voice+ deve trazer histórias variadas, entre pessoas que sempre quiseram cantar, mas nunca tiveram a chance, outras que foram trabalhar em outras áreas e buscam retomar a carreira e até backing vocals de cantores famosos em busca de carreira solo.

"Não se trata de um programa que só vai ter música do passado. Tem do passado, do repertório atual... Os candidatos queriam cantar músicas novas, também. 60+ é uma idade cronológica, mas não é uma idade emocional", contou o diretor artístico, Creso Eduardo Macedo.

"As histórias de vida dessas pessoas é que impactam. A voz é só um detalhe. A gente está aprendendo muito, o programa está muito universal", acredita Mumuzinho.

Claudia Leitte afirmou que "a nossa relação com o tempo é muito injusta", e citou nomes como Madonna, 62, e Bell Marques (do Chiclete com Banana), 68, como exemplos de vitalidade no mundo da música.

Daniel, por sua vez, destacou: "Quando era mais jovem, ouvia falar 'tenho 60 anos' e achava que a pessoa era bem mais velha do que acho hoje. Não sei se é justamente porque estou um pouco mais maduro, também. As pessoas de 60 anos, hoje, não aparentam ter 60 anos".

A mais jovem do grupo, Ludmilla, conta que chegou a titubear um pouco antes de aceitar o convite para ser técnica do The Voice+: "Caramba, a galera vai cair matando em cima de mim por eu ter só 25 anos e estar julgando a galera que é bem mais madura que eu".

"Mas botei na ponta do lápis. Olha tudo que eu já consegui construir na vida, onde consegui chegar. Sou muito determinada. Sei o que o público gosta de ouvir. ... Vi que sim, tenho capacidade para estar ali", concluiu.

Os jurados ainda refletiram sobre como querem que suas vidas estejam ao chegar aos 60 anos (leia mais aqui). Ludmilla almeja ficar ainda mais rica e famosa, Claudia Leitte planeja continuar fazendo shows e Mumuzinho pensa em passar seu tempo jogando cartas e dividindo experiência com os mais jovens.

Ao todo, o reality show terá cinco etapas. Confira mais detalhes abaixo.

Audições às cegas. Os candidatos se apresentam e são avaliados pela voz. Os técnicos que aprovam a cantoria viram a cadeira. Caso mais de um jurado faça isso, o participante escolhe com qual fica. Serão aprovados 48 cantores, 12 para o time de cada cantor.

Apresentações individuais dos participantes. Os técnicos precisarão escolher oito vozes de fora de seu time para permanecer na disputa, eliminando as outras quatro.

Novamente em apresentações individuais, cada jurado deverá escolher quatro dos oito participantes restantes para permanecer na disputa.

Assim como na fase anterior, os técnicos precisam eliminar metade dos cantores de sua equipe, restando apenas dois participantes de cada um, ou seja, oito no total, para a grande final.

Após os oito finalistas se apresentarem ao vivo, o vencedor do The Voice+ será escolhido pelo público.

O The Voice+ estreia no dia 17 de janeiro e vai ao ar nas tardes de domingo, na Globo.

O time de técnicos é composto por Claudia Leitte, Daniel e Mumuzinho, que já participaram de outras edições do programa, e Ludmilla, que faz sua estreia. Os apresentadores serão André Marques e Thalita Rebouças.

Para o processo de seleção para o programa, a produção do The Voice+ realizou conversas remotas por vídeo com os candidatos, que foram analisados por uma banca virtual de avaliadores.

Televisão
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM TELEVISÃO

MAIS LIDAS EM CULTURA