Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Mulher negra comove a web ao ter medo de segurar mão de repórter branca da Globo

Madalena Silva foi resgatada após ser escravizada em "casa de família" durante 54 anos

Ana Carolina Matos

Um momento comovente foi registrado durante o jornal Bahia Meio Dia, da emissora afiliada da Globo em Salvador. Tudo por conta da reação da personagem entrevistada, Madalena Silva, mulher negra que havia sido resgatada de um trabalho análogo à escravidão. Em determinado momento, a mulher relatou à repórter Adriana Oliveira que temia pegar na "mão branca" dela. O programa foi ao ar nesta quarta-feira (27) e rapidamente emocionou os internautas nas redes sociais. As informações são do Metrópoles.

"Fico com receio de pegar na sua mão branca", desabafou Madalena. "Mas por quê? Tem medo de quê?", indagou a repórter, estendendo as mãos. 'Porque ver a sua mão branca… Eu pego e boto a minha em cima da sua e acho feio isso", explicou ela, muito emocionada.

A repórter, então, acalenta a Madalena. "Sua mão é linda, sua cor é linda. Olhe para mim, aqui não tem diferença. O tom é diferente, mas você é mulher, eu sou mulher. Os mesmos direitos e o mesmo respeito que todo mundo tem comigo, tem que ter com você", pontuou.

Mais de meio século escravizada

Madalena Silva foi resgatada em março de 2021, por auditores do Ministério do Trabalho. Ela foi escravizada por uma família durante 54 dos 62 anos de vida. A doméstica não recebia salário, sofria maus-tratos e também era vítima de roubos praticados pela filha dos ex-patrões, que inclusive fez empréstimos no nome dela e conseguiu se apossar de R$ 20 mil da sua aposentadoria.

Nas redes sociais, Adriana Oliveira falou sobre o sentimento diante do sofrimento da vítima. "Me senti tão pequena, tão impotente diante da dor de Dona Madalena. Vontade de acolher e nunca mais ter notícia de monstruosidades assim!", escreveu em uma publicação no Instagram.

Televisão
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM TELEVISÃO

MAIS LIDAS EM CULTURA