Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Sikêra Jr. admite que criou empresa falsa para enganar audiência

O apresentador disse, ainda, que as pessoas que aderiram à campanha de desmonetização do programa de TV e na internet são “satânicos” e “malignos”

O Liberal

O apresentador Sikêra Jr. viu mais de 70 anunciantes abandonarem seu programa da “Rede TV!” e canal do Youtube, após afirmar que homossexuais são uma “raça desgraçada”. Agora, ele criou uma empresa falsa para enganar os telespectadores, até com promessas de promoções que nunca existiram. As informações são do portal O Dia.

Uma ação pede que a emissora e Sikêra Júnior sejam condenados ao pagamento de R$ 10 milhões a título de indenização por danos morais coletivos. 

Para compensar os anunciantes perdidos, o apresentador criou a “Óticas Tambaqui” e chegou a oferecer promoções de óculos. No entanto, na quinta-feira (22), Sikêra Jr. assumiu que a empresa era falsa.

“Vocês lembram da Óticas Tambaqui, que anuncia aqui. E ontem [quarta-feira, 21] a gente até sorteou uma agenda. Deixa eu dizer uma coisa para vocês? Essa ótica não existe. Eu criei essa ótica. Isso se chama isca e um monte de lacrador foi pra lá, mandando [mensagem] no WhatsApp, dizendo que nunca mais botava o pé nessa ótica. Como, se não existe?”, admitiu.

Sikêra disse, ainda, que as pessoas que aderiram à campanha de desmonetização do programa de TV e na internet são “satânicos” e “malignos”.

O apresentador ainda ameaçou: “O bom é que eu peguei todos os números de WhatsApp, aí fica mais fácil de achar. Instagram é mais fácil de falsificar. Pelo WhatsApp não. Agora eu lhe acho. E a gente vai ter que dividir o prejuízo. Você contratando seu advogado já é lucro pra mim”. Sikêra também revelou que criou o perfil da falsa loja no Instagram durante uma madrugada.

Cultura
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA