Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Projeto goiano 'Dentro e Fuera' apresenta em Belém espetáculo 'O Cabra que Matou as Cabras'

Além do espetáculo, o grupo ministra oficina de 'Musicalidade no Teatro de Animação' no Casarão do Boneco

Emanuele Corrêa

Belém recebe amanhã, 2, às 20h, na praça Amazonas o espetáculo "O Cabra que Matou as Cabras" da Cia de teatro Nu Escuro, de Goiás. Além desta apresentação, o grupo também levará a peça ao Casarão do Boneco, neste sábado, 3, às 17h, onde haverá intérpretes de LIBRAS para assistir com acessibilidade. Na segunda, 4, a companhia encerra a temporada em Belém com a oficina  “Musicalidade no Teatro de Animação”, a partir das 16h.

Hélio Fróes, diretor da peça "O Cabra que Matou as Cabras", conta que ela faz parte do projeto de circulação “Dentro e Fuera”, contemplado no edital do Fundo de Arte e Cultura do Estado de Goiás, em 2017. "O nome remete ao objetivo de contemplar o mapa do Brasil, ou seja, se apresentar em todos os Estados brasileiros em que a Cia ainda não se apresentou: Amapá, Roraima e Alagoas, além da Paraíba e Pará, que a Cia já esteve presente. Também começar uma carreira internacional focada nos nossos países vizinhos na América Latina, começando pelas cidades de Buenos Aires e Rio Ceballos, na Argentina", destacou o diretor.

A Cia de Teatro Nu Escuro tem 25 anos de trajetória, em 2004 a peça que conta a história de um advogado vigarista, inspirada em uma peça medieval francesa, "A Farsa do Advogado Pathelin", de autor desconhecido estreou com quatro atores e atrizes, declarou Hélio. "Mesclado com textos de cordéis nordestinos, esquetes de picadeiro, fábulas medievais, ditos populares e vários elementos da cultura popular brasileira. Produzindo, assim, um texto original, inquieto e ágil, contendo bastante versatilidade e surpresas", afirma.

"A peça conta a história de um advogado vigarista, que sobrevive dando pequenos golpes em seus clientes, se vê envolvido em um caso de assassinatos de cabras e bodes. Uma trama cheia de traições, trapaças e reviravoltas, onde uma esposa maliciosa engana seu marido advogado que engana um comerciante ganancioso que engana seu empregado que engana um juiz que quer enganar todo mundo", complementa falando sobre a história adaptada pela Cia.

Espetáculo goiano "O Cabra que Matou as Cabras", em Belém nos dias 2 e 3. (Reprodução / Divulgação)

O diferencial do espetáculo é na segunda sessão ter a tradução de LIBRAS, para garantir a acessibilidade. Além da exibição da peça, o público pode participar da oficina gratuita de "Musicalidade no teatro de animação'', conta o diretor. "Será ministrada por Izabela Nascente, e é direcionada a pessoas interessadas em conhecer mais sobre teatro e o gênero teatro de animação ou ainda, em compreender a música como dramaturgia no teatro de animação. A oficina tem 3 horas de duração e de vivência técnica sobre animação/manipulação de formas animadas", concluiu.

“Nosso objetivo é ver os aspectos da musicalidade no teatro de animação. Nela trataremos de assuntos como ritmo de fala, corpo e materialidade; musica como dramaturgia,  pulsação, foco  bem como discutir  os  processos composicionais de uma cena com bonecos e objetos”, complementou a atriz Izabela Nascente.

A Cia visita Belém pela quarta vez e conta com o apoio local da "In Bust Teatro com Bonecos", que assim como eles, também envolvem nos espetáculos os atuantes e os bonecos para contar uma história. "Nossos amigos e parceiros de longa data, que acabaram de sair de Goiânia, onde apresentaram a peça 'Os 12 trabalhos de Hércules', em um festival organizado pela Cia Nu Escuro", finalizou.

A direção e dramaturgia é de Hélio Fróes. No elenco: Abilio Carrascal, Adriana Brito, Eliana Santos, Izabela Nascente e Lázaro Tuim. A direção musical é de Sergio Pato e a preparação de Abilio Carrascal. As oreografias são de Lázaro Tuim, que também faz a direção de produção. A cenografia foi criada por Mara Nunes e Hélio Fróes. Os figurinos do elenco e os bonecos são assinados por Izabela Nascente. Na produção local e comunicação, estão o Casarão do Boneco e o Holofote Virtual.

Serviço

Projeto: Dentro e Fuera

Espetáculo: O Cabra que Matou as Cabras

Data: 2 de julho, às 20h e 3 de Julho, às 17h (com intérprete de LIBRAS)

Local: praça Amazonas, avenida 16 de Novembro, SN, Batista Campos.

 

Oficina: Musicalidade no teatro de animação'

Data: 4 de julho, 16h às 20h, aos inscritos previamente.

Local: Casarão do Boneco, avenida 16 de Novembro, 815, Batista Campos.

Cultura
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA