Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Obra de Sebastião Tapajós deve ser declarada como patrimônio Cultural Imaterial em Santarém

O projeto foi aprovado por unanimidade na sessão desta segunda-feira (22) e agora aguarda ser sancionado pelo prefeito Nélio Aguiar.

Andria Almeida

A Câmara Municipal de Santarém aprovou o projeto que declara a obra musical do violonista Sebastião Tapajós como Patrimônio Cultural Imaterial do município. O projeto foi aprovado por unanimidade na sessão desta segunda-feira (22) e agora aguarda ser sancionado pelo prefeito Nélio Aguiar.

Sebastião Tapajós faleceu no dia 2 de outubro deste ano e deixou uma obra brilhante com 60 discos lançados, em uma discografia inaugurada em 1963.

O projeto de Lei/Processo n. 2784/2021 de autoria do vereador Carlos Martins — PT dispõe sobre a declaração do repertório musical do artista como patrimônio histórico e cultural. Nesse viés, a definição de patrimônio cultural abrange todo o conjunto de bens culturais.

Sebastião Tapajós faleceu com 79 anos no dia 2 de outubro deste ano e deixou uma obra brilhante com 60 discos lançados, em uma discografia inaugurada 1963.

Cultura
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA