Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Projeto Choro do Pará abre inscrições para oficinas de música

Músicos profissionais e amadores podem participar das aulas gratuitas de vários instrumentos.

Enize Vidigal

A Fundação Cultural do Pará, por meio da Casa das Artes, está com as inscrições abertas para o primeiro módulo das oficinas de música do projeto Choro do Pará. Desde 2006, o projeto desenvolve o estudo do gênero do choro aos músicos profissionais e amadores. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo podem ser feitas aqui.

“O primeiro gênero musical genuinamente brasileiro é o choro”, informa o técnico da FCP e coordenador do projeto, músico Paulo Moura. Ele explica que, este ano, serão realizados quatro módulos, sendo cada um composto por oficinas de percussão (pandeiro, reco-reco, caixeta, tamborim e ganzá); violão de 6 e 7 cordas; cavaquinho; e instrumentos solo (sax, clarinete, flauta, bandolim e outros).

O primeiro módulo inicia nesta sexta-feira, 29, com a carga horária de 24 horas-aula. As aulas acontecerão às sextas-feiras e aos sábados, das 16h às 19h, na Casa das Artes, na Praça Justo Chermont, nº 236, no bairro de Nazaré, em Belém. Os próximos módulos, com as mesmas oficinas ofertadas, acontecerão em junho, setembro e novembro.

Os instrutores são músicos reconhecidos no cenário estadual: Emílio Meninéa vai ensinar percussão; Diego Santos, violão de 6 e 7 cordas; Carlos Meireles, cavaquinho; e Claudionor Amaral, os instrumentos solo.

“Tem gente (que vem para a oficina) na percussão que nunca tocou choro, tem gente que tá aprendendo a tocar violão e se interessa pelo gênero. A maior parte (dos alunos das oficinas) são jovens e também tem muita mulher tocando. O envolvimento e a evolução deles é grande. Conheço gente que já está tocando muito melhor”, comenta Paulo Moura.

Ele recorda que o grupo Charme de Choro foi formado por ex-alunas das oficinas do projeto. “O Charme de Choro, formado apenas por mulheres, durou 9 anos e chegou a gravar um álbum. As integrantes se separaram e passaram a formar outros grupos de choro”, conta.

A metodologia aplicada nas oficinas permite que as aulas aconteçam como ensaios em que os alunos vão aprendendo o repertório, com momentos em que treinam juntos com os alunos de diferentes instrumentos. Ao final, é realizado um concerto dos alunos de todas as oficinas.

O concerto dos alunos do primeiro módulo já tem data marcada: será no próximo dia 26 de maio, no Teatro Margarida Schivasappa (Centur), às 20h, com entrada franca.

Música
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MÚSICA

MAIS LIDAS EM CULTURA