Festival de Música Brasileira da FCG inicia edição virtual neste domingo

Programação homenageia Altino Pimenta, com transmissões pelo YouTube e TV Cultura

Redação Integrada

A música erudita paraense ganha o ambiente virtual a partir deste domingo (8), isto porque o 36° Festival de Música Brasileira, da Fundação e Instituto Estadual Carlos Gomes (FCG/IECG), será transmitido pelo canal da FCG no YouTube. A programação inicia neste domingo, e segue até a próxima sexta-feira (13).

O festival, conhecido por fomentar a prática musical e a cultura por meio de apresentações musicais, envolve a participação de alunos e professores do Instituto Estadual Carlos Gomes (IECG). Este ano, o grande homenageado é o consagrado maestro, músico e professor Altino Pimenta, que deixou um grande legado musical no Pará.

Todo ano também é escolhido um artista convidado, que participa  do festival como palestrante e tem suas obras tocadas pelos alunos e professores. Este ano é a vez do mineiro Edmundo Villani-Côrtes, que desenvolve um trabalho como pianista, maestro, arranjador e compositor.

Em meio a um período de aprendizado e adaptação, Joel Costa, diretor do IECG e organizador do festival, explica que o formato impôs um desafio aos músicos, já que as apresentações tiveram que ser gravadas para serem transmitidas.

“Não foi uma tarefa simples porque os artistas gostam do palco com plateias, gostam do retorno do público; e o feedback desta vez será através das curtidas nas redes sociais, e também pelo público da TV”, explica.

José também destaca o homenageado deste ano, e explica que a escolha sempre leva em consideração personalidades que tenham a ver com o perfil do festival. “O Altino Pimenta iniciou a carreira muito cedo na música, era filho de um dono de livraria, e obviamente tinha uma movimentação cultural na casa dele, e com apresentações musicais ele teve desde cedo uma inclinação para a música, que se confirmou muito cedo”, conta.

Altino sempre teve um perfil sonhador, daqueles que faz de tudo pelo que acredita, como explica José. A personalidade, inclusive, atravessa a obra nesta edição do festival, que precisou ser construída também por sonhadores, e aqueles que fazem de tudo para o show não parar.

“O relato que tive de pessoas que conviveram com ele, é de que não media esforços com as orquestras que surgiram na época de 60 e 70, em Belém. Ele pegava dinheiro dele, conseguia ônibus; era aquele que fazia de tudo, era professor, produtor, amigo. Conseguia passagem para todo mundo, botava em um ônibus e mandava para os festivais do Rio, de São Paulo. Além de um grande músico, professor, compositor, ele tinha esse outro lado: idealizador, sonhador”, diz José.

Orquestra na TV

A parceria com a Funtelpa este ano é um dos destaques, pois além do canal do evento no YouTube, parte da programação também será transmitida pela TV Cultura. Serão quatro concertos televisionados no total, do dia 8 ao 11, sempre às 19h30.

Confira a programação completa

Dia 8/11 - Abertura - 17h30 (YouTube)

Palestra “Professor Altino Pimenta: vida e obra” -  18h (YouTube)

Concerto de abertura com obras de Altino Pimenta - 19h30 (Youtube e TV Cultura)

Dia 9/11 - Noite da MPB com Grupo Pará Trombone, Quinteto de Sax do IECG, Trio Quaternura, Sonora Belém e Quinteto Metal Pará  - 19h30 (Youtube e TV Cultura)

Dia 10/11 - Recital do Bacharelado - 19h30 (Youtube e TV Cultura)

Dia 11/11 - Recital de Professores e Alunos do IECG - 19h30 (Youtube e TV Cultura)

Dia 12/11 - Concerto de Encerramento com obras de Edmundo Villani-Côrtes - 18h (YouTube).

 

Música
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MÚSICA

MAIS LIDAS EM CULTURA