Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Estética Candy Crush marca novo single de Keila: 'Cremosa'; Ouça

O single já está em todas as plataformas digitais

O Liberal

O single “Cremosa”, da cantora e compositora Keila acaba de chegar às plataformas de streaming. Toda a produção, incluindo o videoclipe, foi feita de forma independente e distribuída pelo selo Aparelhagem, da própria artista e do produtor e Dj Clécio, marido de Keila. Com versos rápidos, beat no alto e a batida envolvente do tecnobrega com pegada pop, a música já encabeça a lista de hits que prometem marcar o verão amazônico.

Para quem não conhece, a cantora faz questão de explicar. “Cremosa é uma gíria usada pela galera para se referir a uma mulher bonita. A minha namorada, a minha gata, por exemplo, a minha cremosa. Mas pode se referir também a uma mulher livre, empoderada, dona de si, do seu corpo, sensual. Enfim pode ter vários sentidos”, reforça.

Ouça: 'Cremosa'

A música já estava pronta há um tempo, mas ainda faltavam algumas finalizações para o lançamento. “Estava com a letra escrita. Normalmente isso ocorre, a letra costuma surgir na minha cabeça, escrevo e já guardo. Já a melodia gravo em áudio. Estava com o DJ MauMix, um dos meus parceiros musicais e ele me mandou uma base. Gostei e encaixei e o resultado ficou muito bom. Quando vou fazer um lançamento, gosto de tudo direitinho, bem organizado, música bem mixada e uma estética bem alinhada”, detalha.

No caso de “Cremosa” tudo acabou se encaixando bem. “Ela tem uma estética pop, tecnobrega, estética musical e visual do Candy Crush e do retrô. Tem a comunicação do pop, mas também tem a comunicação do tecnobrega, que para mim é o estilo pop que a gente tem na Amazônia”, define.

A estética Candy Crush - o mundo maravilhoso e super colorido dos doces – também está no videoclipe. “Ele tem visual quente, meio retrô. Foi feita com uma produção mínima. Nas gravações, tivemos uma equipe de 20 pessoas envolvidas. Foi gravado em uma sorveteria de Belém, a Me Gusta. Explorei bastante o cenário. É Candy Crush total”, afirma.

Neste trabalho, Keila contou que teve poucas e boas parcerias. “A produção musical é do paraense Dj MauMix, nas guitarras, Mix e Master Dj Chernobyl, direção musical minha, produção Clécio, foto da capa Iolanda Matos e arte designer de John Bogéa”, cita.

O trabalho, mesmo com novidades, acrescenta a artista, traz sua marca registrada do início ao fim. “Está com uma batida bem pop, misturada. Tenho essa pegada diferentona mesmo, mas não deixa de ser tecnobrega, não deixa de ser dançante. É bem fiel ao que sou. Sou conectada com o mundo e também com as minhas raízes”, resume.

O single chega em um momento especial para a cantora em que ela busca dar um novo fôlego à carreira, depois dos estragos causados pela pandemia. “Antes dela, estava fazendo muitos shows pelo Brasil, viajando, fazendo apresentações em grandes festivais. Mas hoje esse nicho está completamente parado. Fiquei bem prejudicada. Mas não posso me dar ao luxo de parar. Procurei assistir a vídeos de outros artistas, assistir a documentários, eu fui buscar inspiração para tentar me reconectar com a arte e seguir”, conta.

Música
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MÚSICA

MAIS LIDAS EM CULTURA