Em um mundo em chamas, Lucas Gonçalves lança videoclipe da canção 'Uma Nota'

Música reflete sobre momento difícil que as pessoas têm vivido

Caio Oliveira

Lucas Gonçalves aproveitou o isolamento social para gravar, em sua própria casa, algumas “canções relâmpago” - como gosta de chamá-las - para não pirar no meio de um mundo doente. No meio dessa produção musical, ele lançou a canção “Uma nota”, no último dia 28 de dezembro, música que tem participação do pianista Heberth Souza. Agora, a obra ganhou um videoclipe que estreia nesta quarta-feira, Dia de Reis, marcando o começo de 2021 para o músico e o final de um ciclo, como é ilustrado no clipe: Lucas foi gravado abrindo um presente ao lado de uma árvore de natal em chamas. 

“A árvore pegando fogo simboliza a situação do país em meio à crise do coronavírus. Um país em chamas junto à política e às instituições que estão falindo, além de se relacionar com as queimadas na Amazônia e no Pantanal”, revela o músico. “O presente é este, a situação que a gente vive não é boa. A ponto de não ter clima para as festas de fim de ano, já que nem poderíamos encontrar os familiares e amigos por conta do agravamento da pandemia”, explica Lucas sobre sua arte. Nesse contexto, a ideia do clipe era ser fiel à letra da música, com a caixa embrulhada com papel colorido sendo uma metáfora para a narrativa do tempo presente. 


Ele contou que gravou muitas canções antigas durante a quarentena, guiado pelos caderninhos de letras que tinha guardado, e que não conseguiu deixar de usar sua arte para falar dos dramas vividos pelo mundo todo ao longo do ano passado. “Eu persigo a clareza nas letras, mas acho que andei metido demais com a poesia [risos]. Depois do disco, eu não escrevi muitas canções. ‘Uma Nota’ não foi fácil, fiquei alguns dias me batendo com a caneta no papel em branco, tentando imprimir o que eu sentia ali. Quando mandei para os amigos próximos, eles me agradeceram por, de alguma forma, ter traduzido um sentimento enevoado, que pairou em nós pelo ano passado”, disse aproveitando para comentar um pouco sobre suas influências.


Em 2020, Lucas Gonçalves se lançou, oficialmente, como artista solo a partir do álbum “Se Chover” (Pequeno Imprevisto), mas também fez trabalhos “soltos”, como é o caso de “Uma Nota”. Além de compositor, Lucas é baixista da Maglore e guitarrista e vocalista da Vitreaux, e conta como ser um multinstrumentista se reflete em sua produção. “Acho que não influencia tanto na composição em si, mas me permite uma liberdade branda na hora de arranjar as músicas. Mexo pouco na letra no processo de arranjar, o que acontece é que às vezes tenho ideias de vocais no momento em que estou gravando a guitarra, então eu largo a guitarra e corro para o microfone para cravar na música aquela que originalmente nasceu em outro instrumento”, conta o músico. 


O clipe “Uma Nota” foi realizado pela Cachimbo Produções, com direção de Caio Gentil Carvalho, fotografia de Amanda Amaral e o conceito, do próprio Lucas Gonçalves. A estreia é no canal do músico no YouTube.

 

Música
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MÚSICA

MAIS LIDAS EM CULTURA