Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Dupla de paraenses lança álbum com referências da MPB a música eletrônica

Davi Valois e Isaac Magalhães apresentam 'Cinza da Cor do Céu'

Vito Gemaque

A dupla de artistas paraenses Davi Valois e Isaac Magalhães lança o novo álbum “Cinza da Cor do Céu” em todas as plataformas digitais e três vídeos no YouTube. O álbum foi produzido durante o ano passado evocando sentimentos relacionados à vida na cidade como solidão, angústias, medos, ansiedade, incertezas e depressão. O álbum também fala sobre os momentos em que é possível encontrar beleza no meio da melancolia cinza do cotidiano. 

"É o primeiro álbum que fazemos juntos. Antes de começar esse trabalho, eu estava mixando o álbum do Isaac, desde o final de 2019. Quando foi lá pelo Carnaval do ano passado eu mandei uma música mais instrumental para ele e disse que seria legal uma letra dele. Vamos fazer uma música ou um single. Ele disse ‘não, single não, tenho material para fazer algo maior’, então Cinza da Cor do Céu começou a pegar forma. Fomos trocando tudo pela internet e a coisa cresceu”, explica Davi.

Com Davi Valois morando em São Paulo e Isaac Magalhães em Ananindeua, o processo de gravação ocorreu de forma remota, com as faixas sendo gravadas e produzidas nas casas dos músicos, e todo o processo de composição e concepção do disco foi feito através de conversas virtuais.

Os parceiros musicais se conheceram quando cursaram o ensino médio, mas começaram a trabalhar juntos há dois anos. “Cinza da Cor do Céu” passeia pelas diversas sonoridades. Os artistas tentam transitar entre a música ambiente, musique concrète, harmonias impressionistas e à poesia em arranjos inspirados pela Tropicália e a MPB para criar paisagens sonoras para se imergir e se perder nos fones de ouvido.

“As referências são muito variadas. A gente ouve de tudo de jazz a música eletrônica, música clássica a rock, e tudo vai influenciar um pouquinho. Eu sinto que muito aparente no processo do álbum todo está MPB e a Bossa Nova. Tanto com o título 'Cinza da Cor do Céu' que é uma brincadeira com 'Azul da Cor do Mar' do Tim Maia, e tem várias pequenas homenagens a MPB”, conta Davi.

Davi Valois é um compositor, arranjador e artista visual de Tucuruí. Os trabalhos dele passeiam entre o lo-fi, música ambiente, synthwave, música contemporânea, trilha sonora e videoarte. A partir de 2019 começou o selo independente Space Cow Music para produzir suas próprias músicas e de seus amigos artistas locais. Isaac Magalhães é um cantor e compositor de Ananindeua. Em 2020, lançou o primeiro álbum, “Sentimentalism in June” com estilo entre a bossa nova e o indie pop.

O álbum é composto por 14 faixas, com uma bônus, e conta com a participação das artistas Bruna Cabral (bateria e percussão: faixas 4, 11 e 13) e Thalia Sarmanho (voz: faixa 6). “Foi um álbum produzido meio na raça, com os equipamentos que a gente tinha, boa parte foi feito durante a pandemia quando estávamos isolados. Teve muito dessa coisa de produzir arte independente”, avalia Davi.

 

Música
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MÚSICA

MAIS LIDAS EM CULTURA