Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Do hip hop a música popular, paraenses marcam a semana com novos trabalhos

2KP e Selektah Nubeat lançaram o videoclipe da dançante "Sinfônia Afromarcial", que celebra a história, força e beleza negra

O Liberal

Dois importantes lançamentos marcam o começo do fim de semana. O artista Pedrinho Cavalléro comemora os 40 anos de carreira com o lançamento do álbum "Minha aldeia é do tamanho do meu coração”, nesta quinta-feira (25), com um show na Cervejaria Oficial.

E outro lançamento que marca novembro pelo mês da consciência negra é o trabalho da dupla 2KP e Selektah Nubeat que lançaram o videoclipe da dançante "Sinfonia Afromarcial", que celebra a história, força e beleza negra, com imagens gravadas na Ilha do Combu.

O artista paraense 2KP,  Elivan Mafra Cordeiro, destaca as referências usadas na criação de “Sinfonia Afro Marcial". A principal referência é o poder que o nosso povo demonstra ao longo de séculos de luta contra uma ideologia racista. E essa luta também se dá por meio da arte, seja ela em forma de literatura, música ou dança. A força de nossa cultura e ancestralidade, presente em nossa história, é o que mais me inspira nessa composição”, diz o artista, nascido no bairro da Terra Firme, periferia da capital, mas que atualmente reside em Santa Bárbara do Pará.

Ele fez a música em parceria com Selektah Nubeat, que é responsável pela produção musical, programação de beats e efeitos do trabalho.  Selektah conta que buscou referências de ritmos africanos à música latina. “Eu tentei com que tudo conversasse entre os instrumentos e o que o 2KP estava falando. Com certeza, a percussão com a bateria eletrônica e a guitarra foi o que eu quis que mais tivesse diálogo, já que a percussão traz a força do tambor e da africanidade, e a guitarra traz o swing caribenho que a música nortista tem”, adianta o produtor.

O time de músicos ainda traz Diogo Craveiro na guitarra, Jan Andrade na produção musical, mixagem e masterização e Nego Walber nas congas, e foi gravado no Estúdio Selo Kizomba, em Castanhal. 

“Tivemos a preocupação em exaltar a negritude também na composição dessa equipe, que traz em sua maioria pessoas negras. Mas é importante ressaltar que o enfrentamento ao racismo não ocorre só no Mês da Consciência Negra”, pontua 2KP. “Achamos importante que essa mensagem fique evidente para quem assistir o nosso clipe”, finaliza Selektah.

40 anos de Pedrinho Cavalléro

Nos 40 anos de trajetória na música, Pedrinho Cavalléro  presenteia o público com seu mais novo disco, “Minha aldeia é do tamanho do meu coração”. O sétimo álbum da carreira  traz nove faixas, entre canções autorais e inéditas feitas com vários parceiros. 

“Depois de toda a tragédia da pandemia e desse momento do Brasil, precisamos de ternura, de amor. E esse disco é isso”, conta. “Depois desse longo tempo de pandemia, eu fui voltando a tocar nos bares. Mas agora com esse trabalho de dimensões maiores, lançamento de disco, realmente é uma expectativa muito grande. O show vai ter músicas novas e também do meu repertório que me acompanha”, diz Pedrinho.

O show reúne Sagica (batera), Príamo Brandão (contrabaixo), Gileno Foinquinos (guitarra) e Herivelton Santos (teclado).

Pedrinho Cavalléro iniciou sua carreira profissional compondo e realizando direção musical para o Grupo Experiência. Participou de festivais por todo o Brasil, sendo premiado, inclusive, na esfera internacional, onde conquistou o 2º lugar no Festival da RFI em Paris. Suas músicas já foram gravadas por grandes intérpretes paraenses como Nilson Chaves, Nazaré Pereira e Lucinha Bastos.

Agende-se:

Pedrinho Cavalléro lança o disco “Minha aldeia é do tamanho do meu coração”, 25 de novembro, às 21h, na Cervejaria Oficial Umarizal, na Rua Antônio Barreto, 1176. Ingressos: 91 99310-8469/ 91 99168-8158.

Música
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MÚSICA

MAIS LIDAS EM CULTURA