Bruno & Denner, dupla apadrinhada por Gusttavo Lima, é entrevistada na Rádio Liberal

Eles acabam de lançar 'Milionário', primeiro single do DVD de estreia. A entrevista será transmitida também por OLiberal.com

Enize Vidigal

A dupla sertaneja Bruno & Denner será entrevistada ao vivo nesta quinta-feira, 19, às 16h, no programa Conexão Liberal, da Rádio Rádio Liberal FM, com transmissão simultânea pelo quadro Papo Liberal, do portal OLiberal.com. A dupla tem como padrinho Gusttavo Lima, que é tio de Bruno e que já gravou algumas composições de Denner, como os hits “Milu” e “A Gente Fez Amor”. Bruno & Denner acabam de lançar “Milionário”, primeiro single do DVD de estreia “Isso é Bruno & Denner”.

Denner faz a primeira voz da dupla e Bruno, a segunda. Denner, já vinha se destacando em Goiânia com a composição de sucessos gravados por Gusttavo e também Felipe Araújo, Lucas Lucco, Maiara & Maraisa e Zé Felipe. Enquanto Bruno foi back in vocal na banda de Gusttavo e assina a autoria da música “Final do Fim”, gravada pelo tio.

A inédita “Milionário”, autoria de Denner com parceiros Jimmy Luzzo e Felipe Goffi, está disponível em todas as plataformas digitais e também no canal da dupla no Youtube, no qual o videoclipe superou 110 mil visualizações em cinco duas de postagem. O projeto audiovisual acústico “Isso é Bruno & Denner” traz outra inédita, “A Conta Não Fecha”, composição de Bruno, além de oito faixas de regravações.

A moda “Milionário” exalta o amor. “Essa música é muito especial pra mim porque foi a primeira que escrevi quando me mudei para Goiânia e surgiu uma parceria de sucesso. A letra é marcante e conta muito da realidade das pessoas. Muita gente quer a questão financeira, mas quando o amor entra na jogada, a prioridade muda. Ela conta essa história: ‘Prefiro ser o milionário dos abraços dela/ Enriquecer colecionando os beijos dela’”, detalha Renner.

Gusttavo Lima sugeriu formação da dupla

Os dois já transitavam pela cena sertaneja com trabalhos paralelos, mas se conheceram em um jantar na casa de Gusttavo Lima, em Goiânia. “A gente estava na casa dele, aí estávamos falando sobre uma música minha e cantamos um pedacinho. Aí do nada, ele (Gusttavo) olhou pra traz e falou: ‘Por que vocês não formam uma dupla? Eu entro com vocês’. Desde então, estamos trabalhando muito, graças a Deus, desde de dezembro de 2019”, conta William Bruno de Lima. Ele nasceu em Presidente Olegário, Minas Gerais.

“Nem eu e nem o Bruno imaginávamos (fazer dupla), tínhamos projetos solos. Está sendo maravilhoso com muita coisa boa acontecendo na nossa vida, muitos projetos bacanas”, conta Denner Ferrari Garcia, que é natural de Patrocínio, em Minas Gerais. “As pessoas estão abraçando a gente, tendo um carinho muito grande com a gente. Lógico que a pandemia atrasou o trabalho, mas a gente teve tempo de se preparar, ensaiar, compor mais. O Bruno é um cara muito tranquilo e eu sou mais espevitado. A gente dá muito certo, tem o equilíbrio. Os trabalhos estão acontecendo”, completa.

“Estamos preparando muita coisa boa para 2021”, antecipa Bruno. “Durante a pandemia foi um pouco complicado, mas a gente se saiu bem. Compomos bastante! Deu um pouco de tempo pra gente respirar e pensar com carinho sobre os projetos da dupla. Olhando pelo lado bom, conseguimos evoluir muito durante a pandemia”, acrescenta.

Como tudo começou

“Eu comecei a compor bastante novo, desde adolescente. Escrevia as músicas que eu mesmo ia gravar na época que tive a carreira solo”, conta Denner. Denner começou a cantar em bares da sua cidade natal aos 12 anos e, aos 17 anos, se mudou para a cidade de Ponta Grossa, no Paraná, onde, além de cantar, começou também a compor. Mas a carreira como compositor deslanchou quando ele chegou a Goiânia.

“A música que começou a mudar a minha vida foi ‘Tudo Que Vai Um Dia Volta’, que foi gravada por Gusttavo, depois veio ‘Final do Fim’, ‘Milu’, “A Gente Fez Amor” (também gravadas por Gusttavo) e ‘Tiro Certo’, pelo Zé Felipe, entre várias outras. Essas músicas abriram as portas para a minha carreira até chegar nesse projeto novo de dupla com o Bruno”, recorda. Ele também é autor de “Quem Traiu Levou” e “Volta”, gravadas por Gusttavo; e “Bebi Minha Bicicleta”, gravada por Zé Neto e Cristiano.

Já Bruno, iniciou aos 11 anos se apresentando em Patos de Minas. Autodidata, toca vários instrumentos: baixo, guitarra, viola, teclado e piano. Ele conta que o tio famoso é uma referência paterna para ele: “Ele (Gusttavo) para mim a maior inspiração que eu tenho em tudo. Trabalhei muito tempo na equipe dele (foi back in vocal), aprendi demais e aprendo todos os dias! Ele se tornou meu pai. A gente tem que se espelhar em coisas boas, né? Ele é sensacional”.

 “Pra mim, é a realização de um sonho. Meu tio é e sempre foi uma grande inspiração, minha referência…”, lembra Bruno. “Estamos ansiosos para mostrar nossas músicas e nos apresentarmos para vocês!”, destaca Denner.

 

Música
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MÚSICA

MAIS LIDAS EM CULTURA