Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Manoel Cordeiro lança single para celebrar novo álbum

“Mambo Bragantino” é nome do novo lançamento do músico paraense que aposta na versatilidade de ritmos

Thainá Dias

Após tempos difíceis durante a pandemia da covid-19, o momento é de celebrar! Por isso, o músico paraense Manoel Cordeiro lança seu novo álbum com o single “Mambo Bragantino” como carro chefe.  “Um disco festivo, feito para celebrar a vocação brasileira para o movimento do corpo e os ritmos dançantes”, assim o compositor e multi-instrumentista define o novo trabalho. O single estará disponível a partir de 22 de junho nas principais plataformas de música e gratuitamente no Sesc Digital. O lançamento do álbum completo, em formato digital, será no dia 1° de julho, nas plataformas de áudio, com shows de lançamento nos dias 14 de julho, no Sesc Pompeia, e 15 de julho, no Sesc Araraquara.

Segundo Manoel Cordeiro, o álbum é uma celebração da música brasileira. “Me juntei com um músico pernambucano maravilhoso e dois cariocas cariocas sensacionais. São estados que ‘bancam’ grande parte das festas desse país, por isso acho que o disco ficou com a cara do brasil”, afirmou.

A obra é fruto de uma parceria consolidada em 2021 entre o ícone da guitarra amazônica e o produtor musical Alexandre Kassin (Orquestra Imperial), o baterista Pupillo (ex-Nação Zumbi) e o trombonista Marlon Sette. Com tratamento técnico apurado, o álbum instrumental reúne músicos de diferentes vertentes para expressar a rica diversidade cultural, rítmica e festiva brasileiras por meio de fusões inusitadas entre levadas regionais e sonoridades mais sofisticadas, como o encontro entre o maracatu e a bossa nova, mas sem perder de vista os componentes gregários da dança e do afeto.

Para o compositor, “o disco alimenta o sentimento natural da dança inerente ao povo brasileiro, celebra os movimentos do corpo vivo, que pulsa em celebração à vida. É uma alegria sem limites a retomada de vida. Como se estivesse acabado de nascer. Muitas foram as dificuldades superadas, lutamos pela vida, vencemos!”, destacou Manoel.

O músico destaca ainda a versatilidade das composições. “Se você quiser prestar atenção em algo muito elaborado, tem. Mas se você quiser baixar a guarda, tomar sua cerveja e dançar, também tá tudo certo”, concluiu o músico paraense.

Palavras-chave

Cultura
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA