Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Irmãos estadunidenses acusam Alok de não pagar por hits; entenda

A dupla também afirma ser a verdadeira criadora do Brazilian Bass, subgênero da house music, vertente da música eletrônica

O Liberal

Os irmãos estadunidenses Sean e Kevin Brauer acusaram Alok de não terem recebido crédito nem pagamento por pelo menos 14 hits. Eles fizeram a denúncia à revista  Billboard. Segundo o levantamento feito pela revista, as compensações de 12 das 14 faixas pelas quais o duo afirma não ter recebido nada em troca somariam cerca de 263 mil dólares apenas no Spotify. Se outras plataformas e rádios forem consideradas, o valor chega a 1,3 milhão de dólares, sem contar as vendas globais.

VEJA MAIS

Alok doa o próprio cabelo para confeccionar peruca à criança com câncer
Em colaboração com a ONG Cabelegria, a menina Gigi recebeu o presente das mãos da esposa do cantor, Romana Novais

Alok é apontado como 4º melhor DJ do mundo por publicação especializada
Com David Guetta no topo do ranking, a revista DJ Mag elevou o brasileiro uma posição na lista

Além disso, a dupla também afirma ser a verdadeira criadora do Brazilian Bass, subgênero da house music, vertente da música eletrônica. O subgênero surgiu a partir do hit "Hear Me Now" e foi responsável pela popularização internacional do DJ através de um contrato com a gravadora Spinnin’ Records, da Warner Music.

“Alok inicialmente ajudou e ficamos felizes em retribuir o favor, até que começamos a perceber que ele estava lucrando enormemente com nosso trabalho sem oferecer nada substancial em troca”, afirmaram os DJs em comunicado à Billboard.

Irmãos moraram no Brasil

Os irmãos viveram em uma comunidade religiosa do Rio de Janeiro nas primeiras duas décadas de suas vidas. Aos 16 anos, Sean fugiu da comunidade para ir a uma rave na Ilha de Guaratiba, a cerca de uma hora da capital carioca. Foi lá que ele se apaixonou pela música eletrônica.

Ele então começou a trabalhar como “produtor fantasma”, nome dado aos criadores que produzem músicas para outros artistas de forma anônima, por dez anos. Em 2015, ele conheceu Alok e formou a dupla com o irmão para lançar BYOB, um remix de System of a Down.

À Billboard, a equipe de Alok negou as acusações e disse que o duo Sevenn está tentando se fazer de vítima e litigar as disputas com Alok na imprensa. “Alok não tem a intenção de morder a isca”, disse o e-mail enviado à revista.

O Estadão também entrou em contato com a assessoria de imprensa do artista sobre as acusações, mas não obteve retorno até o fechamento da nota.

Palavras-chave

Cultura
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA