Internautas resgatam vídeo em que cantor Victor ironiza acusação de agressão

Quase três anos após agredir a ex-esposa, Justiça condena sertanejo a 18 dias de prisão em regime aberto, que podem ser revertidos em serviços comunitários

Redação Integrada

O programa Domingo Espetacular, da TV Record, exibiu no último dia 12 o vídeo em que o cantor Victor, da dupla recém desfeita com o também cantor Léo, agride a ex-mulher, Polliana Bagatini, grávida, e que serviu como principal prova usada contra ele no processo movido por ela. O episódio ocorreu em 2017, no prédio em que o ex-casal morava, em Belo Horizonte, e as cenas foram divulgadas após ser decretado o fim do segredo de Justiça do processo, no qual Victor foi condenado, quase três anos depois, a 18 dias de prisão em regime aberto, que podem ser revertidos em serviços comunitários.

 

 

Victor foi considerado culpado por vias de fato (agressão que não deixa ferimentos). À época da agressão, diante da repercussão do caso na imprensa nacional, o cantor publicou um vídeo em que aparece rindo e simulando estar diante de um juiz, alegando que "não acerta um chute". O material foi resgatado pelos internautas e voltou ao topo das publicações mais compartilhadas nesta terça-feira (14), inclusive por personalidades que militam na causa feminina.

Após a condenação em primeira instância, em 29 de novembro, Victor recorreu da sentença na última quinta-feira (9/1). Ao programa Domingo Espetacular, a assessoria do cantor enviou nota dizendo que o mesmo preferia não se pronunciar.

Cultura
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM CULTURA