Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Feira do Livro e das Multivozes espera mais de 70 mil pessoas no último dia

Encontro entre Cristina Serra e Daniel Munduruku e show de Fafá de Belém são as atrações

O Liberal

A 25ª Feira Pan-Amazônica do Livro e das Multivozes tem expectativa de receber mais de 70 mil pessoas no último dia do evento. A feira que se encerra neste domingo (4) trouxe diversos autores para conversarem com o público. Neste ano, a maior feira literária do Norte e Nordeste retornou com apresentações de artistas. Na programação de encerramento os destaques são o encontro da jornalista Cristina Serra e o escritor paraense Daniel Munduruku, nas Vozes da Amazônia, a partir das 19h, e a apresentação de Fafá de Belém no palco da área externa.

A escritora Gleice Reis, de 39 anos, relançou o livro “O Cavalo Desembestado do Pensamento”, pela editora SF Editorial, no Ponto do Autor, da Feira Pan-Amazônica do Livro. O livro é o resultado da pesquisa de mestrado em estudos literários na Universidade Federal do Pará (UFPA) em que ela analisou o livro “Afonso Contínuo Santo de Altar” da autora paraense Lindanor Celina.

VEJA MAIS

‘Manga Poética’ sai do Instagram para a Feira do Livro
Tiane Melo, administradora e criadora da página, fala dessa expectativa de encontrar o público

Feira do Livro 2022: diferentes vozes ecoam o Hangar novamente
Confira o que tem na Feira Pan-Amazônica do Livro e das Multivozes

Primeira 'Feira do Livro de Castanhal' começa nesta quarta (01)
O espaço conta com 28 estandes com cerca de vinte livrarias e editoras renomadas, além do Estande do Escritor Paraense

“Achei a organização muito boa. Fiquei encantada com a decoração, capricharam muito, inclusive do Ponto do Autor. Eu gostei da iniciativa! Eles estão valorizando os nossos autores amazônicos, principalmente os paraenses que estão expondo. Eles capricharam nos elementos típicos do Pará. É um espaço bem acolhedor”, elogiou.

A autora também ressaltou o quanto o público do primeiro domingo, dia 28 de agosto. “Eu fiquei assustada porque tinha muita gente mesmo, principalmente nesse horário que fui de noite. Estava até difícil de andar pelos estandes. O público estava bastante participativo nas programações culturais e não somente procurando livros. O público tem participado bastante”, avaliou.

Os homenageados deste ano foram a cantora, professora e escritora Dona Onete, que lançou a primeira obra na Feira, e o escritor e jornalista Edyr Augusto Proença. Para o barbeiro Bernardo Damasceno, de 24 anos, que esteve na feira na última sexta-feira (02), acompanhado pela família, o retorno da Feira para o Hangar melhorou muito o evento.

“Estou gostando neste ano em relação ao Mangueirinho. Lá era muito pequeno e não tinha uma grande variedade de livros, e essa é a grande diferença de ter voltado para cá por conta do espaço. Tem mais coisas para fazer, até shows. Com relação ao público tem muita gente, mas dá para andar tranquilo”, disse.

O secretário de Cultura do Estado, Bruno Chagas, ressaltou como o público respondeu bem pelo retorno da Feira Pan-Amazônica e das Multivozes para o Hangar - Centro de Convenções. “A nossa avaliação é a melhor possível. Ela tem correspondido às nossas expectativas na questão do público principalmente. No primeiro final de semana batemos o recorde de público. Mais de 100 mil pessoas circularam pela feira, tivemos uma média de público de cerca de 45 a 50 mil pessoas durante todos esses dias”, contou.

A Secretaria Estadual de Cultura (Secult) espera que o público somado de todo o final de semana ultrapasse a marca de 150 mil pessoas e totalize entre 420 à 430 mil visitantes durante todo o evento. “É um recorde para a Feira de todos os tempos”, assegurou o secretário.

Cultura
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA