Fã idosa do documentário de Anitta processa a cantora e a Netflix

Dona Maria Ilza estava internada por covid-19 quando soube que sua imagem foi veiculada

Redação Integrada com informações d'O Dia

Dona Maria Ilza de Azevedo, a fã idosa da Anitta, que aparece em um dos episódios do documentário “Anitta – Made in Honorio”, da Netflix, entrou com uma ação judicial contra a cantora e a plataforma de streaming. A defesa da senhora afirma que ela estava internada por covid-19 quando soube que sua imagem foi veiculada na série.

Os advogados alegam que a idosa é retratada no episódio como se tivesse ido até lá sem a autorização da cantora, passando a ridicularizar sua imagem, pois dá a entender que Maria Ilza entrou na mansão de Anitta sem a liberação da artista, como uma intrusa.

"Para piorar, a atitude nefasta, covarde, mesquinha, das rés (Anitta e Netflix) acaba criando um mal estar na equipe de produção, que discute uma suposta falha na segurança em relação a presença da Autora (Maria Ilza)", diz um trecho dos argumentos, que ainda afirmam que a participação dela não teve direito do uso de imagem da mesma. 

Os advogados de dona Maria dizem ainda que, mesmo internada, ela virou a atração do hospital e passou a ser motivo de gargalhadas, inclusive de familiares, virando uma espécie de atração, causando abalo psicológico no momento que precisaria de calma devido à internação.

O juiz decidiu que, no processo de 18 de dezembro, não havia motivo para apreciação em caráter "urgente". Além disso, o magistrado negou, no dia 19/12, o pedido de retirada do documentário do ar. Já no dia 24/12, Ilza desistiu da ação alegando "um erro material na qualificação da autora, pois seu endereço encontra-se localizado na cidade de Macaé".

Apesar da desistência, a ação ainda não foi extinta.

Cultura
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA