CONTINUE EM OLIBERAL.COM
X

Dia Mundial do Café: conheça 5 lugares para apreciar a bebida em Belém

Seja no final de tarde ou para despertar, locais na capital oferecem variações da bebida e acompanhamentos

Lucas Costa
fonte

Não é novidade que o café é uma das bebidas favoritas dos brasileiros, e em Belém, ela sempre vai bem com um final de tarde chuvoso. Nesta quinta-feira, 14, é celebrado o Dia Mundial do Café, e separamos uma lista de locais na capital onde é possível apreciar a bebida.

VEJA MAIS

image Dia Mundial do Café: confira cinco receitas para saborear com o ingrediente
Saiba receitas contendo café para saborear a qualquer hora do dia

image Dia Mundial do Café: mercado gourmet conquista paraenses
Nutricionista afirma que o café pode estimular o sistema nervoso central, melhorando o estado de alerta e atenção, podendo também favorecer no combate a depressão, melhora do humor e a disposição física e mental

image Onde tomar café em Belém? Confira 7 locais pela cidade
As opções de cafeterias e panificadoras são ótimas alternativas para aproveitar a tarde por Belém

Há quem não viva sem um cafézinho diário, mas é preciso ir com cautela. A professora de Nutrição Carla Cavalcante diz que a dose máxima de cafeína recomendada, por dia, é de 400 mg.

"É o equivalente a beber cerca de 600ml de café coado ou 3 xícaras de cafés expresso, por dia. É importante, também, lembrar que a tolerância à cafeína também varia de acordo com a idade, o tamanho e o peso do indivíduo", explica.

Não faltam motivos para manter o cafézinho na rotina. Entre eles os benefícios para a saúde como a presença de substâncias como o cálcio, magnésio, fósforo, selénio e o potássio; além de antioxidantes e vitaminas do complexo B, são muito benéficas para o sistema neuromuscular. 

Para aproveitar a bebida da melhor forma possível, a colunista Raisa Araújo (Vem Turistar/ Ananindeua em Revista) separou uma lista de cafeterias em Belém. Confira:

Delalê 

image Doceria Delalê (Divulgação)

A doceria Delalê, fundada em 2012 por Letícia Belarmino, que também é embaixadora da Oficina do Barista aqui na região Norte, oferece, além de doces e tortas de diversos sabores, cafés que vão desde o expresso até os mais sofisticados, com bordas de chocolate. Segundo a empreendedora, apesar de o estabelecimento oferecer variados tipos de cafés, os clássicos - como café expresso, café com leite e agora, o café coado - são os mais populares entre os consumidores. A doceria é focada em inovação e, além de Letícia, os funcionários da doceria também são envolvidos em cursos e premiações, o que garantiu à Delalê 2 prêmios no Circuito Alquimista de Café.

Havanna 

image Havanna (Divulgação)

Saindo do contexto paraense,  embarcamos na terra do doce de leite, com a loja de Alfajor Havanna, que teve sua fundação há mais de 70 anos na Argentina. Por isso mesmo, um dos carros chefes em termos de cafeteria, no estabelecimento é o cappuccino de doce de leite, que pode ser acompanhado de salgados ou doces vendidos no local. 

Rei do Mate 

image Rei do Mate (Divulgação)

Nascido em uma das esquinas mais famosa do Brasil, entre as avenidas Ipiranga e São João, o Rei do Mate, apesar de ser um local conhecido por seus chás e pão de queijos, também comercializa cafés, desde os mais tradicionais, até os mais sofisticados, como cappuccinos e cafés com bordas de chocolates.

Kopenhagen 

image Kopenhagen (Divulgação)

Mais conhecida pela fabricação e comercialização de chocolates, a Kopenhagen também fabrica balas e confeitos, além de servir deliciosos cafés no estabelecimento. É um estabelecimento muito charmoso e uma das lojas mais antigas de chocolate no Brasil, com quase 100 anos de existência. Além de servir os cafés, é possível levar para casa um pouquinho do sabor da Kopenhagen, em forma de cápsulas ou em pacote

Cacau Show

image Cacau Show (Divulgação)

Na mesma linha da Kopenhagen, a Cacau Show é uma das lojas mais populares de chocolate do Brasil. Foi fundada em 1988 por Alexandre Tadeu da Costa e hoje além de uma grande variedade de chocolates, o local serve cafés expressos, cafés com leite e cappuccinos, especialmente para quem está de passagem, mas não quer ficar sem o seu pretinho da tarde. Em 2005, Alexandre foi condecorado com o prêmio “Melhor Franquia do Ano”, na categoria Cafeteria e Confeitaria, dado pela Editora Globo, em parceria com a Fundação Getulio Vargas.

Entre no nosso grupo de notícias no WhatsApp e Telegram 📱
Cultura
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA