Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Curta paraense “Alumiá” participa do Festival Curta Campos do Jordão 2021

O filme, que foi gravado em Santo Antônio do Tauá, em janeiro deste ano, fala das mulheres nordestinas que migraram para a região da Amazônia no início do século XX

O LIberal

O curta paraense Alumiá, da diretora Iracy Vaz, é uma das atrações do Festival Curta Campos do Jordão 2021, que começou na quarta-feira, 20, e vai até domingo, 24 de outubro, no formato online. O filme, que foi gravado em Santo Antônio do Tauá, em janeiro deste ano, fala das mulheres nordestinas que migraram para a região da Amazônia no início do século XX.

A cidade, localizada no nordeste do Pará, foi escolhida para o curta porque migrantes nordestinos a fundaram, além de inspirar a história real de duas cearenses que migraram para lá - Maria Quitéria e Ana Lourenço - que eram bisavós de Iracy, o que conferiu ao filme um aspecto autobiográfico e ancestral.

A diretora explica que “Alumiá” tanto significa iluminar, como também deriva da palavra “Alumiação”, rito que ocorre nos interiores do Pará no dia 2 de novembro, onde centenas de pessoas se dirigem aos cemitérios para cultuar seus antepassados por meio da ornamentação das sepulturas com flores, coroas e velas.

Iracy explica que, no curta, o espectador é levado pelas tarefas cotidianas de Antônia, interpretada pela própria diretora. Em meio aos seus afazeres, Antônia prepara-se para o dia da Alumiação, tecendo as coroas fúnebres para honrar os seus mortos, mas, durante a tarde, recebe duas visitas muito esperadas para uma conversa sobre ancestralidade, trânsitos migratórios, família e força feminina.

Além de Iracy, o curta conta com a participação das atrizes Pauli Banhos e Andreia Rezende, que também assina o figurino. Tarcisio Gabriel e Wan Aleixo assinam a direção de fotografia e edição. O projeto teve patrocínio do edital Preamar, da Fundação Cultural do Pará.

O filme é um trabalho desenvolvido pelo coletivo de artistas do Teatro Experimental de Insurgências Amazônicas (TEIA) e foi lançado virtualmente em março no canal do grupo no Youtube 

Pelo site , o público pode assistir a todos os curtas classificados para a mostra e votar no seu preferido. Alumiá está presente na Sessão Ficção 02.

 

Palavras-chave

Cultura
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA