Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Confira o mistério familiar sobre a vida de Jack Nicholson

O ator cresceu sem pai e foi atrás da irmã à procura da fama, até ao dia em que percebeu que vivia uma mentira.

Thainá Dias

O filme 'Chinatown', de Roman Polanski, estava perto de estrear nos Estados Unidos em 1974 quando trouxe a histórica polêmica do astro Jack Nicholson, que havia se destacado em 'Sem Destino' (1969) e foi indicado ao Oscar por 'Cada um Vive como Quer' (1970), filme de Bob Rafelson que o transformou em estrela. Um ano depois, ele protagonizou mais um sucesso de crítica com 'Ânsia de Amar', de Mike Nichols. Ao estrear 'Chinatown', Nicholson já era uma das estrelas mais intrigantes e magnéticas de Hollywood.

Conhecido como um dos grandes sedutores da indústria, a bipolaridade de Nicholson tornava-o alvo preferido da imprensa, uma característica que marcava as suas personagens, sempre no limiar da calma e da loucura e foi precisamente num longo perfil da “Time” que os jornalistas, durante a longa investigação de preparação do artigo, fizeram uma descoberta chocante.

Durante mais de três décadas, Jack Nicholson viveu uma mentira. De repente, quase na casa dos 40, o ator descobriu que John e Ethel May, os seus pais, eram afinal os seus avós. June Nicholson, a irmã de uma vida, era a sua mãe biológica. A outra irmã, Lorraine, era então a sua tia.

Palavras-chave

Cultura
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA