Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

CINE NEWS

Por Marco Antônio Moreira

Coluna assinada pelo presidente da Associação dos Críticos de Cinema do Pará (ACCPA), membro-fundador da Associação Brasileira de Críticos de Cinema (ABRACCINE) e membro da Academia Paraense de Ciências (APC). Doutorando em Artes pelo PPGARTES/UFPA; Mestre em Artes pela UFPA. Professor de Cinema em várias instituições de ensino, coordenador-geral do Centro de Estudos Cinematográficos (CEC), crítico de cinema e pesquisador.

Os Beatles no Cinema

Marco Antonio Moreira

A exibição da série The Beatles: Get Back no canal Disney+ renovou o interesse pela obra musical dos Beatles que, sem dúvida, é excepcional. Mas é importante lembrar que o quarteto de Liverpool realizou outros filmes que marcaram época e que ajudaram a torná-los conhecidos mundialmente. Estes filmes colaboraram para que John Lennon, Paul McCartney, George Harrison e Ringo Starr alcançassem uma fama internacional em um período que o cinema era utilizado como meio de divulgação de artistas do segmento musical como, por exemplo, Elvis Presley.

Evidentemente, os Beatles não eram atores profissionais. Seus talentos eram vinculados à música e os filmes de ficção que realizaram foram criados a partir dessa premissa e permitiram o uso da criatividade para que eles estivessem presentes não como atores, mas como John, Paul, George e Ringo. O diretor Richard Leste soube aproveitar esta premissa e realizou duas ótimas comédias com eles: Os Reis do Iê Iê Iê e Socorro! No desenho animado Submarino Amarelo foi possível elaborar outras narrativas a partir de uma história baseada na canção Yellow Submarine (1966). Este filme surpreendeu crítica e público naquele período pela mistura de elementos surrealistas vinculados ao universo da psicodelia.

Além destes trabalhos é importante pesquisar sobre outros filmes e documentários sobre os Beatles. Em alguns casos, filmes de ficção criaram histórias baseadas em fatos, mas outras produções investiram em roteiros que foram escritos em relação a histórias que não foram confirmadas pela biografia oficial da banda. De qualquer maneira, pela ficção ou documentário, é válido conferir estes e outros exemplos com e sobre os Beatles no cinema. Como beatlemaníaco, é sempre bom poder perceber sua obra e talento sendo renovados por novos e antigos fãs desta que é a maior banda de rock and roll de todos os tempos!

Confira algumas sugestões que estão disponíveis em diversas plataformas audiovisuais:

Cine News 03/12


Os Reis do Iê-Iê-Iê (A Hard Day´s Night) (1964) de Richard Lester.

Primeiro filme dos Beatles. Uma comédia musical que foi campeã de bilheteria na Inglaterra e em diversos países. Diversas cenas musicais são o destaque do filme. Os Beatles, certamente, se divertiram muito ao fazer este filme.

Socorro (Help) (1966) de Richard Lester.

Na sequência do sucesso de seu primeiro filme, os Beatles realizaram um filme em que Ringo Starr interpreta um personagem que possui um anel desejado por membros de um culto indiano e estes iniciam uma perseguição atrás do objeto. John, Paul e George o ajudarão a sair de muitas confusões. Uma comédia divertida que fez muito sucesso nos cinemas.

Magical Mystery Tour (1967) de The Beatles.

Produção feita para a televisão dirigida pelos membros da banda de modo coletivo. Uma série de acontecimentos surreais acontece em uma viagem de ônibus com os Beatles e diversos personagens exóticos.  

Submarino Amarelo (Yellow Submarine) (1968) de George Dunning.

Desenho animado surpreendente com uma história que acontece em uma terra dominada pelos malvados Blue Meanies. Os Beatles são chamados para ajudar a enfrentar os invasores e resgatar a alegria e a música no mundo.

Let it Be (1970) de Michael Lidsay Hogg.

Documentário sobre os bastidores da gravação do álbum Let it Be com gravações e ensaios de diversos clássicos dos Beatles como Let it Be, The Long and Widing Road, Across the Universe e I Me Mine.

The Compleat Beatles (1982) de Patrick Montgomery.

Documentário lançado dois anos após o falecimento de John Lennon que é considerado como um dos melhores trabalhos sobra a carreira dos Beatles. O filme fez muito sucesso nas locadoras de vídeo de diversos países.

The Beatles Anthology (1995) de Bob Smeaton.

Série documental produzida para a televisão dividida em 8 episódios. Um dos melhores e mais completos trabalhos sobre a obra dos Beatles. Sucesso de audiência em diversos países, a série recebeu diversos prêmios internacionais. Excelente e fundamental obra sobre os Beatles!

The Beatles: Eight Days a Week – The Touring Years (2016) de Ron Howard.

Documentário sobre os anos em que os Beatles fizeram diversos shows em vários países consolidando a beatlemania como um fenômeno mundial. O filme inclui entrevistas, imagens raras, gravações da época emostra toda a energia e talento dos Beatles em suas inesquecíveis apresentações ao vivo.

How the Beatles Change The World (2017) de Tom O’Dell.

Documentário com diversas entrevistas e imagens de arquivo exclusivas que contam a história dos Beatles e sua influência na cultura mundial.

 It Was Fifty Years Ago Today! The Beatles: Sgt. Pepper and Beyond (2017) de Alan G. Parker.

Documentário que celebrou os 50 anos de Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band (1967), álbum considerado pela crítica musical como um dos discos mais importantes de todos os tempos.

The Making of Sgt. Pepper (1992) de Alan Benson.

No 25º aniversário do Sgt. Pepper´s Lonely Heats Club Band,  The South Bank Show produziu este episódio sobre o making of do álbum realizado em 1967. Paul McCartney, Ringo Starr, George Harrison, o produtor George Martin, Neil Aspinall, entre outros, falam sobre a realização deste extraordinário álbum incluindo detalhes de como foi criado, suas origens e influências, entre outras informações sobre o disco mais revolucionário da história do rock.

Os Cinco Rapazes de Liverpool (Backbeat) (1994) de Iain Softley.

O filme mostra fatos referentes à vida dos Beatles antes da fama quando o músico Stuart Sutcliffe estava na banda. Após viagem a Hamburgo para tocar pelos Beatles e conhecer o músico e artista plástico Klaus Voormann e a fotografa Astrid (Sheryl Lee), Sutcliffe decide ficar na cidade e deixar a banda para viver sua própria história de vida.

George Harrison: Living in the Material World (2009) de Martin Scorsese.

Documentário sobre a vida e obra de George Harrison, desde a época dos Beatles até sua carreira solo. Belíssimo trabalho do mesmo diretor de Tax Driver e Touro Indomável.

Tudo entre Nós (Two of Us) (2000) de Michael Lindsay-Hogg

O filme mostra um encontro entre John Lennon e Paul McCartney, em 1976.  Entre conversas sobre suas vidas pessoais e sobre os Beatles, eles estavam assistindo o programa de televisão Saturday Night Live quando o apresentador Lorne Michaels fez uma brincadeira e ofereceu 3 mil dólares se os Beatles aparecessem no programa aquela noite e cantassem 3 músicas. Lennon e McCartney quase toparam a brincadeira em um fato que seria histórico para os beatlemaníacos. Uma bela história que mistura fatos e imaginação que agradou diversos fãs da banda no período que foi lançado. No Brasil, o filme teve lançamento em VHS e foi disponibilizado em várias locadoras de vídeo. O filme é dirigido pelo mesmo cineasta do documentário Let it Be.

O Garoto de Liverpool (Nowhere Boy) (2009) de Sam Taylor-Johnson.

Filme sobre a juventude de John Lennon que mostra suas relações familiares e amigos da sua adolescência incluindo sua paixão pelo rock and roll.

Cine News
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS DE CINE NEWS