Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Mayra Cardi e irmão são cobrados na justiça por dívida de condomínio de R$ 62 mil

A dívida seria das taxas de condomínio vencidas a partir de 5 de março de 2017 até a presente data

O Liberal

A síndica de um edifício localizado na cidade de Cuiabá, no estado do Mato Grosso, cobra R$ 62.279,25 da influenciadora digital Mayra Cardi e do irmão, Bruno Cardi. A cobrança seria de despesas de taxas condominiais em atraso. A ação movida pelo condomínio tramita na 5ª Vara Cível de Cuiabá. A síndica afirma que Beatriz Cardi, outra irmã de Mayra, também seria proprietária do apartamento com o débito em aberto. A informação foi divulgada pela Fábia Oliveira, do jornal O Dia.

As taxas de condomínio estariam vencidas desde 5 de março de 2017 até a presente data. Os irmãos se recusam a reconhecer e pagar a dívida. Os valores que envolvem os débitos também seriam de taxas para a manutenção do condomínio, que teriam sido devidamente acordadas em Assembleia Geral Ordinária, todos os anos, de 2017 até 2020.

A ação foi protocolada em dezembro do ano passado e, por meio de uma carta precatória assinada pela juíza Edleuza Zorgetti Monteiro da Silva, a Justiça busca a citação de Mayra Cardi em São Caetano do Sul, na Região Metropolitana de São Paulo.

Celebridades
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA