Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Japinha, do CPM22, confirma mensagens de cunho sexual para fã de 16 anos; baterista foi afastado

Nas mensagens, o músico diz querer conhecer a jovem, fala sobre virgindade e declara ser muito ciumento

Redação Integrada

Ricardo Japinha, baterista do CPM 22, confirmou ao G1 que as imagens de um diálogo entre ele e uma fã que diz ter 16 anos são de uma conversa verdadeira. Nos prints, que foram compartilhados por um perfil anônimo no Twitter, o músico diz querer conhecer a jovem, fala sobre virgindade e declara ser muito ciumento, após a garota pedir para conhecer todos os integrantes do grupo.

Depois da repercussão negativo do caso, a banda CPM22 anunciou, pouco antes das 13h desta quarta-feira (10), que decidiu afastar o músico do grupo. "Após os últimos acontecimentos, decidimos pelo afastamento do nosso baterista, Ricardo Japinha, reafirmando nossa posição de não compactuar com atitudes desrespeitosas com quem quer que seja. A banda continua", diz o comunicado publicado no Instagram.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Comunicado

Uma publicação compartilhada por CPM 22 (@cpm22) em

As conversas divulgadas são de 2012. Na época, o músico tinha 36 anos. Durante a conversa, que parece ter ocorrido pelo Instagram, a jovem diz ter 16 anos e, o músico, prontamente, pergunta sobre relações sexuais. "Já namorou muito tempo? Ou já fez amor? (curioso eu, eu sei), diz ele. Após a fã responder que é virgem, Japinho responde: "Que linda. Assim eu me apaixono".

 

Ao G1, ele disse que tratou-se de uma brincadeira e que, atualmente, a conversa gera desconforto. "Essa específica realmente incomoda, incomoda até a mim. Eu fiz uma brincadeira naquele momento com a menina. Estava rolando um clima meio de paquera, porque ela estava puxando papo comigo. Ela veio me procurar. Aí eu perguntei se ela tinha namorado. Ela falou que sim. Aí eu recuei. Brinquei e falei que não, eu tinha ciúmes. E aí ela falou que tinha 16 também, aí que eu recuei mais. Eu não tenho essa mania. Eu não gosto", disse.

O baterista divulgou um texto no Instagram, na noite desta terça-feira (9), se pronunciando sobre o assunto. "Jamais agiria com o intuito de machucar alguém, seja física ou psicologicamente. Abomino qualquer forma de desrespeito ou abuso contra quem quer que seja", disse ele na publicação, que teve os comentários desativos pelo músico.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Ricardo Di Roberto (@ricardo_japinha) em

A banda também se manifestou, na terça, nas redes sociais. "Fomos surpreendidos com postagens sobre o comportamento de um integrante de nossa banda. Somos um coletivo onde cada um responde por suas atitudes. Mas uma coisa é clara: não compactuamos com atitudes desrespeitosas contra quem quer que seja. Nosso maior interesse é que tudo isso seja esclarecido o quanto antes". 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Mensagem a todos os fãs e amigos.

Uma publicação compartilhada por CPM 22 (@cpm22) em

O baixista do CPM 22, Fernando Sanches, também saiu da banda. O músico fez o anúncio no Instagram, na terça, 9, mas não disse o motivo.

Nos últimos dias, a hashtag #exposed tem sido usada nas redes sociais para denúncias de abusos e assédio.

Celebridades
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA