Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Cantor Thiago Costa relembra acidente e fala sobre recuperação: 'momento que mais sofri na vida'

Declaração foi feita durante entrevista ao videocast ao vivo de Bob Fllay, no Libplay, nesta terça-feira, 26

Enize Vidigal

O cantor Thiago Costa, que acaba de anunciar a volta aos palcos após o grave acidente sofrido em 11 de novembro passado, concedeu a primeira entrevista audiovisual ao “Bob Cast”, o videocast ao vivo de Bob Fllay, no Libplay, nesta terça-feira (26). Apontado pelo apresentador como “sinônimo de recuperação”, o artista revelou detalhes da colisão da moto náutica que pilotava com uma lancha de familiares, o risco de morte que enfrentou com a perda de 80% do sangue corporal, a difícil recuperação e o apoio da família e dos fãs. “Foi o momento que mais sofri na vida, mas tirei lições”, disse. 

No próximo dia 13 de maio, Thiago Costa fará um show na nova Casa Doca, com as participações especiais de Markinho Duran, Fábio Baladero, Guilherme, Karol Diva, Miro Marques, Caricato e Dj Cursino. “Eu sinto muita falta de estar perto do público”, revela o cantor de sertanejo universitário.

Ao Bob Cast, o cantor também falou sobre o início da carreira aos 13 anos, no município de Mãe do Rio, onde nasceu, e a opção pelo sertanejo.

Sertanejo relembrou acidente

Thiago Costa recordou que, no dia do acidente, ele pilotava a moto náutica e os familiares o seguiam em uma lancha. Segundo ele, a moto deu pane e a lancha colidiu de lado com a moto, derrubando-o na água. “O impacto veio em cima de mim. Quebrei a perna e o braço. Não foi culpa de ninguém”. O cantor perdeu muito sangue na água barrenta do rio Maguary, sem que isso fosse perceptível. Ele ainda resgatou uma adolescente de 13 anos, que integrava o grupo, que havia caído na água desmaiada. “Eu comecei a ficar muito fraco, eu me segurava na cordinha (da borda da lancha), senti a perna, não tinha forças nem pra pedir ajuda. Foi a minha esposa que me tirou da água”, recorda.

“Na hora, eu não tinha noção da gravidade. Eu apaguei (nos bombeiros) e depois voltei (acordei) na UTI (...) Recebi muito carinho do público, me deu força para me recuperar, (recebi) doações de sangue, teve caravana de cidades do interior (para vir doar em Belém). Tomei 9 bolsas de sangue, mas já tô bem, graças a Deus”, comemora Thiago, que chegou a receber injeções de morfina com intervalo de 4h, mas hoje não sente mais dor. 

Ele foi submetido a 7 cirurgias e segue com tratamento de fisioterapia. Os resultados são animadores para um paciente que os médicos chegaram a duvidar que sobreviveria, conforme ele observa. Thiago recuperou a agilidade das mãos e já toca violão normalmente. A estimativa médica era de que ele voltasse a andar novamente após um ano, mas ele conseguiu antecipar essa meta e já se locomove sozinho usando uma boto ortopédica. Ele contou que ainda será submetido a uma nova cirurgia no tornozelo.  

A entrevista foi recheada de emoções. Durante a transmissão, foram exibidos depoimentos em vídeo da esposa, Idiane Caldas - que também fez uma breve participação na live -, das filhas do casal, da mãe e dos irmãos do artista. “Ele nasceu de novo”, finaliza Idiane.

O episódio teve como parceiros o decorador Miguel Maia e a Nana Cake.

Palavras-chave

Cultura
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA