#if(!$m.request.preview.inPreviewMode)
CONTINUE EM OLIBERAL.COM
X
#end

Belém recebe terceira edição do Festival Latinidade com shows de artistas locais; veja a programação

O festival vai reunir Márcio Macedo, Nazaco Gomes, Gabriel Dietrich, Bruno Benitez, Júlia Passos e o grupo Carimbó Selvagem

Amanda Martins

Belém recebe nesta quarta-feira (15/05), a terceira edição do Festival Latinidade, um evento que celebra a riqueza musical latino-amazônica do estado do Pará com uma seleção de artistas que exploram da Cumbia, Merengue, Zouk, Lambada a Guitarrada. Este ano, o festival ocorrerá no Teatro Margarina Schivasappa, a partir das 20h, com ingressos mediante entrega de alimentos não perecíveis.

A programação do festival conta com três shows, apresentando cinco artistas. A noitada inicia com o espetáculo "Raízes Latinas convida Márcio Macedo", uma parceria que reúne o mestre Nazaco Gomes, Gabriel Dietrich e Macedo, explorando ritmos latinos, amazônicos e caribenhos.

image Cantora Júlia Passos  (Divulgação)

Em seguida, o compositor, multi-instrumentista e realizador da terceira edição do festival, Bruno Benitez, acompanhado pela cantora Júlia Passos, apresentará um repertório que mescla música latina e amazônica. Para a apresentação, Bruno, que iniciou sua carreira profissional em 1995, integrando trabalhos musicais como Arraial do Labioso e a banda Mundo Mambo, vai levar canções que fazem parte de sua história e autorais que fazem parte de seus quatro álbuns: “Coração Tambor”, de 2014, “Miscigenado”, de 2018, “Tropicodélico”, de 2021, e o projeto audiovisual ”Disco Vivo”, feito em 2023. 

image Multi-instrumentista e realizador da terceira edição do festival, Bruno Benitez (Divulgação)

Para encerrar a noite, o grupo paraense "Carimbó Selvagem" trará toda a musicalidade do Carimbó, buscando também ressaltar a importância da preservação do patrimônio histórico de Belém.

image Carimbó Selvagem (Divulgação)

Ao Grupo Liberal, Bruno afirmou, após um hiato desde as primeiras edições em 2017 e 2018, o festival retorna com a expectativa de reativar a conexão com o público que recebeu tão bem os primeiros eventos. 

"A primeira edição a gente fez no mês de julho, então era no meio da semana, então tinha todo aquele clima do verão amazônico envolvido, e a gente conseguiu um grande público. Todos os dias que a gente teve espetáculos abertos ao público, e foi uma receptividade excelente das pessoas dançando, curtindo, participando", relembrou. 

Benitez ressaltou que a criação do festival foi motivada pela falta de um evento dedicado a destacar essas conexões musicais e culturais. "Muitos artistas comentavam sobre essa conexão da música da Amazônia com a música latina, mas não tínhamos um evento voltado para destacar isso. Então, veio a ideia de criar um evento para ressaltar essas conexões e levá-las ao público", explicou.

Para ele, o evento pretende destacar a conexão musical e cultural que a região amazônica tem com seus países vizinhos da América do Sul e com o Caribe, evidenciando uma história de troca cultural significativa ao longo do tempo.

"A importância do evento é apontar para um dos elementos que compõem a identidade cultural amazônica, que é essa miscigenação musical. Quanto mais nos aprofundarmos nesse tema, mais conheceremos essa parte de nossa identidade", afirmou. 

As duas primeiras edições do festival passaram por casas de show, teatros e espaços públicos, levando aos palcos artistas como Bruno Benitez, Félix Robatto, Ronaldo Silva, Guitarrada das Manas, Pinduca, Mundo Mambo, Fruta Quente, Warilou, Arraial do Pavulagem, Farofa Tropikal, Sentinelas do Norte, Naieme, Franklin Gomez (Cuba), Joelma Kláudia, Mahrco Monteiro e Jeff Moraes. Elas tiveram apoio da Lei Municipal de Cultura Tó Teixeira. Já esta última, conta com o apoio da Lei Federal Paulo Gustavo, via Secretária de Cultura do Estado (Secult). 

SERVIÇO

 

III Festival Latinidade com shows de Bruno Benitez, Júlia Passos, Carimbó Selvagem, Márcio Macedo e Raízes Latinas

  •  
  • Dia: 15 de maio;
  • Local: Teatro Margarida Schivasappa; 
  • Horário: a partir das 20h; 
  • O ingresso é uma doação de 1 kg de alimento não perecível.
 








 

Entre no nosso grupo de notícias no WhatsApp e Telegram 📱
Cultura
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA