Belém dos séculos XIX e XX em cliques históricos

'Belém Viva Belém', que homenageia aniversário da cidade, segue aberta até o final do mês com visitas guiadas e palestras

Lucas Costa

O mês em que Belém celebra 404 anos segue cheio de homenagens aos diversos aspectos da cidade das mangueiras. Em meio a isto se destaca a exposição “Belém, Viva Belém!”, que reúne fotos antigas da cidade, distribuídas nos andares do Castanheira Shopping. A mostra tem ainda visitas guiadas, além de uma programação paralela de palestras sobre a história da cidade.

Sob curadoria de Rosa Arraes, professora de História das Artes, a mostra reúne 38 fotos da cidade, publicadas no período que vai da passagem do século XIX ao XX. Rosa, que há mais de 30 anos realiza trabalhos voltados para a valorização do patrimônio histórico de Belém, recebeu um convite do shopping para realizar a mostra. 

“Pelas dimensões do Shopping, pensei em algo que pudesse chamar a atenção em uma escala natural, ou seja, que as pessoas ao entrarem no shopping se deparassem com aquelas grandes imagens de Belém antiga, geralmente publicadas no tamanho de cartões postais, mas que pelo tamanho natural, elas pudessem se sentir naquele antigo espaço, tirando fotos pelas ruas e nos espaços instagramados, se integrando nas próprias paisagens da cidade”, explica Rosa.

As fotos foram ampliadas e plotadas nos corredores de três pisos do shopping, com ênfase no terceiro. Todas elas apresentam QR Code, por meio do qual o público poderá ter mais informações sobre a localidade que está na imagem. Sobre a presença da exposição dentro de um espaço de grande circulação, Rosa destaca a importância de aproximar a arte do público.

A exposição 'Belém, Viva Belém' reúne imagens da cidade nos séculos XIX e XX (Divulgação)

“Eu acredito naquilo  que sugere a Música de Milton Nascimento ‘A Arte deve ir aonde o povo está’. Portanto o shopping , além de oferecer os diversos produtos que ele oferece para satisfação dos que adquirem, pode também oferecer um prazer estético e visual de uma exposição, podendo ressuscitar lembranças e permitir um meio de acesso a estas, pois a proposta da mostra é convidar o público a uma viagem pelo tempo, permitindo que cada cidadão reflita sobre o seu papel e se reconheça como um defensor desse enorme patrimônio histórico, compreendendo sua herança cultural, a importância da cidade e a preservação de sua memória”, destaca Rosa.

As fotografias seguem em exposição no shopping até o dia 31 de janeiro. Até lá, o público ainda poderá participar de três visitas guiadas: dia 24/01, às 18h; dia 26/01, às 16h, 17h e 18h; e no dia 31/01, às 18h. Duas palestras também estão programadas: “O Patrimônio Histórico e Integrado da Cidade de Belém”, com a professora Paula Caluff Rodrigues, no dia 25/01, às 16h30; e “A Música no Belle Époque”, com o professor Jonas Arraes, no dia 31/01, às 16h30. As palestras ocorrem no Espaço Criança, no terceiro piso do shopping. Ambas as programações são gratuitas.

Sobre um aspecto geral da mostra, Rosa relembra que arte e a arquitetura são buscadas como símbolos visíveis nos contextos das cidades, logo, seria possível através de uma exposição, representar a história social vivida na cidade de Belém.

“Penso que é pra mim um privilégio poder falar da cidade pelo viés da Arte, onde é possível demonstrar em uma escala extraordinária a importância dessa cidade.  Como educadora insisto que evidenciar a memória da cidade permite comprovar a beleza e a grandeza de Belém, ao longo de sua trajetória histórica, reconhecendo que, os moradores de Belém ao se apropriarem desse patrimônio histórico e artístico da cidade, construam identidades pessoais e coletivas usando-as como elementos para sua alto estima. São construções necessárias para acumular um capital cultural individual, cuja a maior aspecto positivo será o pertencimento destes cidadãos através da felicidade e do  orgulho que emana deste patrimônio”, diz.

Agende-se:

Exposição “Belém, Viva Belém!”
Local: Castanheira Shopping (Rodovia BR-316, Km 1, s/n)
Visitação: diariamente até 31/01;
Visitas guiadas: dia 24/01, às 18h; 26/01, às 16h,17h e 18h; e 31/01, às 18h.

Palestras: dia 24/01, às 16h30 – Palestra “O Patrimônio Histórico e Integrado da Cidade de Belém”, com professora Paula Caluff Rodrigues;
Dia 31/01, às 16h30 – Palestra “A Música no Belle Époque”, com professor Jonas Arraes.

Cultura
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM CULTURA