Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

'Abandono de incapaz', diz Fontenelle sobre doação de filho de Klara Castanho após estupro

Vítima de estupro, a atriz Klara Castanho entregou seu bebê para adoção

Thainá Dias

Uma triste história envolvendo a atriz Klara Castanho  tem sido um dos assuntos mais comentados neste fim de semana. A jovem engravidou após ser vítima de um estupro e acabou tendo que se manifestar publicamente sobre o trauma, após ter a doação da criança exposta.

Após a revelação, artistas e celebridades se posicionaram sobre o episódio, entre elas a apresentadora Antonia Fontenelle, apontada como uma das pessoas que expôs a atriz, assim como o colunista Leo Dias.

VEJA MAIS

'Não somos animais', desabafa Luísa Sonza após apoiar Klara Castanho
Luísa Sonza fez crítica após divulgação do caso de Klara Castanho. Léo Dias teria sido o responsável por vazar a informação

Klara Castanho engravida após estupro e desabafa sobre adoção do filho: "algo morreu em mim"
A quebra do silêncio veio após a Antonia Fontenelle noticiar a informação da ex-atriz mirim da Globo.

Antônia Fontenelle faz ‘ameaça’ polêmica a famosa que teria dado o filho após esconder gravidez
A jovem ainda teria dito que o bebê teria sido fruto de um estupro.

Mulher é impedida de abortar mesmo sofrendo risco de vida: ‘Só quero sair daqui viva’
A moradora dos Estados Unidos passa as férias no país europeu e os médicos locais informaram que sua placenta está parcialmente deslocada do útero, trazendo riscos para a gestação

Por meio das redes sociais, Antônia criminalizou a decisão de Karla, o que classificou como “abandono de incapaz”. A apresentadora foi criticada e resolveu defender seu ponto de vista.

"Parir uma criança e não querer ver e mandar desovar para o acaso é crime, sim, só acha bonitinho essa história de adoção quem nunca foi em um abrigo, ademais quando se trata de uma criança negra. O nome disso é abandono de incapaz", declarou Fontenelle.

Bolsonaro critica aborto em menina de 11 anos e aciona ministérios da Justiça e Direitos Humanos
Menina foi estuprada e chegou a ser impedida pela justiça de interromper a gravidez. Para o presidente, houve ‘assédio maligno de grupos pró-aborto’

Eduardo Bolsonaro elogia juíza que tentou impedir aborto de criança estuprada: ‘Está certa’
Para o filho do presidente, o correto e “civilizado”, nesse caso, seria destinar o bebê fruto do estupro à adoção

Lei do aborto: veja o que o Código Penal do Brasil diz sobre o assunto
Entenda os desafios enfrentados por mulheres que se enquadram na lei

Fontenelle disse ainda que a prioridade é a preocupação com a vida de inocentes. Além disso, a apresentadora ressaltou que, se há um culpado nessa história “monstruosa”, esse é o jornalista Leo Dias, por quem ela ficou sabendo da história.

Palavras-chave

Cultura
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA