A influenciadora Celly Nascimento indica livros de fantasia para quem quer começar a ler

No Instagram, a jovem indica livros

Painah Silva
fonte

Marcelly Nascimento, ou Celly, é influenciadora e produtora de conteúdo no Instagram, no perfil @melivrando. A jovem de 26 anos começou o projeto literário em 2015, quando começou a ler livros, considerados por ela como “mais complexos”, e com o intuito de conseguir parcerias com editoras e ganhar essas obras, já que, na época, não possuía condições financeiras para arcar com os custos da compra de livros, ela iniciou um blog de mesmo nome, no qual compartilhava as suas leituras. Com o tempo, o objetivo mudou, Celly mudou de plataforma e criou uma afeição aos seguidores, o que a fez continuar com o projeto.

Marcelly reúne em sua coleção mais de 200 livros e fala com orgulho do hobby. Segundo ela, trocar experiências com os seguidores e amadurecer na leitura é uma “maravilha”. 

Hoje, 26, Celly veio ao O Liberal indicar três livros para quem não é um leitor frequente, mas que deseja, através de livros mais simples e menores, adquirir o hábito da leitura. 

A primeira indicação é a obra de Patrick Ness, “Sete Minutos Depois da Meia Noite”. A narrativa apresenta Conor, um garoto de 13 anos que está passando por diversos problemas na vida quando ele encontra refúgio em uma espécie de monstro que conta histórias para ele com lições de moral. Ideal para quem gosta do gênero fantasia, a obra já foi até adaptada para o cinema. 

“É um livro que dá para ser aproveitado tanto pelo público mais maduro, quanto pelas crianças. Muito adequado para todas as idades e cada pessoa que ler vai ter uma experiência diferente. É uma história linda e muito profunda”, afirma a influenciadora.

A segunda obra que ela indica também é outra opção para quem gosta de aventura. O livro “O Nome do Vento”, de Patrick Rothfuss, é o primeiro de uma trilogia que aborda muito de um mundo fantasioso, onde pode-se acompanhar o personagem principal, Kvothe, através de uma narrativa em primeira pessoa. “Ele tem uma jornada intensa, típica jornada de herói, e se propõe a contar a história em três dias. Cada livro se refere a um dia. Leitura sensacional para os apaixonados por fantasia épica e para aqueles já familiarizados com o gênero em filmes, jogos e outros livros. Melhor livro que já li na minha vida”, conta. 

Marcelly ainda pontua que a obra é uma das favoritas de George R. R. Martin, autor de “Guerra dos Tronos”, que foi adaptado para a famosa série conhecida como “Game Of Thrones”. 

A terceira indicação é o clássico de romance de terror gótico, “Frankenstein”, de Mary Shelley. Segundo a influenciadora, é o tipo de livro que a cada leitura descobre-se algo novo. A obra apresenta Victor, que é um cientista que dedica a vida para descobrir e reanimar tecidos humanos já mortos. O resultado de suas experiências é a criação de um monstro, considerado como uma aberração.

“Lembro que ao ler pela primeira vez, pensei que nenhuma adaptação me preparara para a grandiosidade da história. Nenhum outro livro demonstra, de forma tão grandiosa, o contraste entre a podridão da alma humana e a pureza de uma criatura tida como horrenda”, diz Marcelly.

(*Estagiária Painah Silva, sob supervisão do Coordenador de Conteúdo de Cultura, Abílio Dantas)

Cultura
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA