Marco Antônio Moreira

CINENEWS

Presidente da Associação dos Críticos de Cinema do Pará (ACCPA), membro-fundador da Associação Brasileira de Críticos de Cinema (ABRACCINE) e membro da Academia Paraense de Ciências (APC). Doutorando em Artes pelo PPGARTES/UFPA; mestre em Artes pela UFPA. Professor de Cinema em várias instituições de ensino (UFPA, IESAM, CAIANA FILMES, SESC, EMATRA, FIBRA e Casa das Artes) e coordenador-geral do Centro de Estudos Cinematográficos (CEC). Crítico de cinema na revista Troppo (O Liberal) e apresentador do programa Atualidades Cinematográficas (Rádio Liberal AM).

Solidariedade

Marco Antônio Moreira

A grave situação da saúde pública mundial por meio de um vírus de alta propagação é uma dura realidade que está afetando direta e indiretamente a vida das pessoas e exigindo atitudes sérias e práticas. Acima de tudo, precisamos ser solidários.

O Cinema, em diversos filmes, demonstrou a força da humanidade e da solidariedade em momentos catastróficos. Na primeira a segunda mundial, na luta contra epidemias, na luta contra as injustiças, o que de algum modo auxilia o ser humano a se superar é a lembrança de que ele é humano e precisa do outro para continuar. Estamos vivendo um momento difícil que exige ações individuais e coletivas de prevenção e muita solidariedade. 

Meu texto desta semana procura contribuir com indicações de filmes que possam amenizar este momento tenso e preocupante com mensagens sobre respeito, solidariedade e humanismo que podem e devem estar presentes em nossas vidas, apesar de tantos confrontos e conflitos de uma vida em constante transformação e desafios.

Vamos em frente!

- "Luzes da Cidade" e "Em Busca do Ouro" de Charles Chaplin

- "O Homem Elefante" de David Lynch

- "Toy Story" de John Lasseter

- "Up - Grandes Aventuras" de Pete Docter

- "Elefante Branco" de Pablo Tapero

- "Hotel Ruanda" de Terry George

- "Central do Brasil" de Walter Salles Jr.

- "Assunto de Família" de Hirokazu Kore-eda

- "Derzu Uzala" e "Madadayo" de Akira Kurosawa

- "Intocáveis" de Eric Toledano

- "O Menino do Pijama Ilustrado" de Mark Herman

- "Sociedade dos Poetas Mortos" de Peter Weir

- "Conta Comigo" de Rob Reiner

- "Tomates Verdes Fritos" de Jon Avnet

- "Mary e Marx" de Adam Elliot

- "Minhas Tardes com Margueritte" de Jean Becker

- "Stalker" e "O Sacrifício" de Andrei Tarkovsky

AGENDA

Os cinemas e cineclubes alternativos estão com suas atividades suspensas temporariamente. Para circunstâncias tão graves na saúde mundial como estamos presenciando é fundamental e responsável contribuir com ações de prevenção. Parabenizo todos os parceiros do cinema alternativo de Belém que adiaram sua programação como Cineclube Alexandrino Moreira (Casa das Artes), Cineclube Pedro Veriano (Casa da Linguagem), Cine Olympia, Cine Líbero Luxardo, Centro de Estudos Cinematográficos (CEC) (Casa das Artes) e Cine SINDMEPA (Sindicato dos Médicos do Pará), entre outros. Acredito e espero que os cinemas comerciais, em breve, deverão tomar decisões similares e comunicar ao público.

Marco Antônio Moreira
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!